JAPÃO - 2ª GUERRA MUNDIAL: UM PILOTO KAMIKAZE. ALVO: PORTA-AVIÕES USS ENTERPRISE - 1945!!!

Ir em baixo

JAPÃO - 2ª GUERRA MUNDIAL: UM PILOTO KAMIKAZE. ALVO: PORTA-AVIÕES USS ENTERPRISE - 1945!!!

Mensagem por Antonio C. Pulsy em Sex Mar 30 2018, 16:25

Compartilho com os colegas, "Um Piloto Kamikaze. Alvo: Porta-Aviões USS Enterprise - 1945".


                                                UM PILOTO KAMIKAZE. ALVO:
                                              PORTA-AVIÕES USS ENTERPRISE.

A família de Shunsuke Tomiyasu, nascido em 1922 em Nagasaki, mudou-se para Tóquio quando tinha seis anos de idade. Quando menino, ele era habilidoso em todos os esportes. Seus olhos eram muito grandes e ele tinha o apelido de "Medama" na escola primária. Tomiyasu era membro da equipe de judô como estudante na Universidade de Waseda, em Tóquio. Ele também gostava de música e tocava gaita. Em setembro de 1942, Tomiyasu formou-se em ciência política e economia pela Universidade de Waseda, e começou a trabalhar na Companhia Ferroviária do Sul da Manchúria. Em 18 de setembro de 1943, ele entrou para a Marinha Imperial Japonesa na 13ª Turma de Estudantes de Reserva e recebeu treinamento intensivo em aviões “Zero” na Base Aérea de Tsukuba. Em maio de 1944, ele foi admitido como alferes (patente abaixo de tenente). Após várias transferências e uma promoção para tenente grau júnior, Tomiyasu foi designado para o Grupo Aero Naval Tsukuba em 1º de março de 1945 como instrutor da 14ª Turma de Estudantes de Reserva. Em 28 de março, o Grupo Aéreo Tsukuba organizou um Corpo Especial de Ataque Kamikaze com aviões Zero, ao qual o tenente Tomiyasu se juntou. Em 22 de abril de 1945, o tenente júnior Tomiyasu foi à Base Aérea de Kanoya, no sul de Kyushu, para aguardar a data em que seu Esquadrão Kamikaze faria um voo sem retorno. Entre os dias 12 e 14 de maio de 1945, a noite, caças e bombardeiros enviados do USS Enterprise, atacaram os aeródromos japonenses usando bombas e foguetes. Embora a Base Aérea Naval de Kanoya tenha sido uma das bases atingidas, no início da manhã do dia 14, 28 A6M5, modelo 52C, “Zero” do 6º Esquadrão Tsukuba, 11º Esquadrão Kenmu e 8º Esquadrão Shichisho, conseguiram decolar. Um grupo de 12 aviões começou a levantar voo as 05:25 horas, e o restante começou a partir as 06:19 horas. Os pilotos dos aviões kamikaze tinham ordens de atacar qualquer alvo inimigo que estavam a cerca de 130 milhas a sudeste. O tenente grau júnior Shunsuke Tomiyasu, transportava no seu avião “Zero”, uma bomba de 500 kg (1.100 libras) de ação explosiva retardada, após o impacto. Esta seria sua primeira e única missão, sendo o único dos 28 pilotos kamikazes que completaram com sucesso sua missão.

Em sua carta final à sua família, Shunsuke Tomiyasu escreveu:

"Querido pai, mãe e irmã,

De repente, fui ordenado a fazer uma espécie de ação em determinada área, e devo partir agora. Desde o começo eu dei a minha vida pelo nosso país, não espero voltar vivo. Estou certamente determinado a alcançar excelentes resultados de batalha.
Hoje o destino e a existência do nosso país estão à mão. Nós deixamos como defensores do nosso país. Você pode sentir minha falta quando eu não estou aqui, mas por favor viva com grande entusiasmo e alegria. As preocupações farão com que todos sejam desencorajados. Quando entrei na Marinha, naturalmente estava preparado para a morte, então acho que todos também não deveriam se sentir solitários. Eu pretendo enviar uma carta para Hideo, mas por favor, dê-lhe saudações também de nossa casa.
Como o Tenente Junior Grade Kondo planeja visitá-lo, por favor, encontre-se com ele. Eu farei o meu melhor, então, por favor, tenha certeza disso".
Shunsuke

Às 5h25 da manhã do dia 14 de maio de 1945, o Tenente Júnior Tomiyasu fez uma busca na Base Aérea de Kanoya como líder do Esquadrão Tsukuba de Ataque Especial Kamikaze - 6º Esquadrão Tsukuba, que consistia em 14 caças Zero cada um carregando uma bomba de 500 kg. O Esquadrão levantou voo e foram a procura de seus alvos, os navios americanos. Ao avistar a Frota de navios americanos, avistou o porta-aviões USS Enterprise (CV-6) e este seria seu alvo final! Ele evitou o fogo antiaéreo pesado e chocou-se no convés, mais precisamente no elevador de aviões na popa do porta-aviões USS Enterprise, o navio mais condecorado da Marinha dos EUA na Segunda Guerra Mundial, com 20 estrelas de batalha. O controle de danos apagou os incêndios em 30 minutos, mas os danos causados ​​pelo avião de Tomiyasu e a explosão da bomba de 500 kg, colocaram o porta-aviões USS Enterprise fora de ação até o final da guerra, pois a reparação dos danos teria de ser feita nos estaleiros dos Estados Unidos. O ataque kamikaze matou 13 marinheiros e feriu 68. A explosão, também lançou oito tripulantes ao mar, devido ao deslocamento do ar, mas o destróier Waldron (DD-699), rapidamente os resgatou. Após o enterro no mar para os tripulantes do USS Enterprise mortos no ataque, havia também um enterro no mar a ser feito para Tomiyasu, que estava na popa do navio. Seu posto de tenente junior foi descoberto, a partir da insígnia em seu traje de vôo, e também, havia cartões do nome em um de seus bolsos. O nome desses cartões foi traduzido incorretamente como Tomi Zai, então este foi o nome usado pelos americanos por quase 50 anos para se referir ao piloto kamikaze que atingiu o USS Enterprise. Kan Sugahara, graduado na 77ª Turma da Academia Naval Japonesa de Etajima, foi fundamental na determinação da identidade correta do piloto kamikaze que atingiu o porta-aviões USS Enterprise. Ele examinou registros japoneses dos pilotos kamikazes da Marinha de patente Tenente Júnior que morreram em 14 de maio de 1945, e concluiu que Tomiyasu tinha que ser a mesma pessoa chamada Tomi Zai pelos americanos, baseada na similaridade dos kanji (caracteres chineses) nos nomes e com base no tempo de Tomiyasu na Base Aérea de Kanoya. Sugahara também coordenou o retorno da Associação USS Enterprise CV-6 de um pequeno pedaço do caça Zero de Tomiyasu ao Museu da Base Aérea Naval de Kanoya para exibição. A foto de Shunsuke Tomiyasu, sua última carta, e informações sobre sua vida vêm do Museu Kasama de História e Folclore (Cidade de Kasama, Prefeitura de Ibaraki), que possui uma sala de exposição dedicada à história do "Grupo Aéro Naval Tsukuba".


USS ENTERPRISE, TAMBÉM CONHECIDO COMO BIG E.


CAÇA A6M ZERO.


PILOTO KAMIKAZE TENENTE JÚNIOR
SHUNSUKE TOMIYASU.


KAMIKAZE, DAR A SUA VIDA PELO SEU PAÍS E IMPERADOR.


USS ENTERPRISE ATINGIDO PELO KAMIKAZE TENENTE JÚNIOR SHUNSUKE TOMIYASU - 14/05/1945.


LOCAL EXPLOSÃO DO KAMIKAZE E BOMBA: ELEVADOR DE
AVIÕES NA POPA.


PEÇAS DO KAMIKAZE ZERO A6M5, APÓS LIMPEZA DOS DESTROÇOS.
avatar
Antonio C. Pulsy

Idade : 62
Localização : Canoas/RS.
Data de inscrição : 24/04/2014

http://antonio.pulsy@bol.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum