ESTADOS UNIDOS - 2ª GUERRA MUNDIAL: PORTA-AVIÕES USS ENTERPRISE, O MAIS CONDECORADO NAVIO DA SEGUNDA GUERRA - 1941 - 1945!!!

Ir em baixo

ESTADOS UNIDOS - 2ª GUERRA MUNDIAL: PORTA-AVIÕES USS ENTERPRISE, O MAIS CONDECORADO NAVIO DA SEGUNDA GUERRA - 1941 - 1945!!!

Mensagem por Antonio C. Pulsy em Sex Mar 30, 2018 2:20 pm

Compartilho com os colegas, "Porta-aviões USS Enterprise, O mais Condecorado Navio da Segunda Guerra".


                                           PORTA-AVIÕES USS ENTREPRISE,
                               O MAIS CONDECORADO NAVIO DA SEGUNDA GUERRA.

O USS Enterprise (CV-6) foi um porta-aviões da Classe Yorktown da Marinha dos Estados Unidos, durante a Segunda Guerra Mundial. Ele esteve em quase todos os cenários da corrida e colheu muitos sucessos que significaram 20 estrelas de batalha, sendo também o único sobrevivente de sua classe. O USS Enterprise (CV-6) chamado "Big E", foi certamente o porta-aviões mais famoso da Guerra do Pacífico, desempenhando um papel muito importante na vitória da Marinha dos Estados Unidos e foi a base para o esquadrão moderno porta-aviões. Ele foi lançado no dia 3 de outubro de 1936 nas docas de Newport News Shipbuilding, patrocinado pela Lulie Swanson, esposa do Secretário da Marinha Claude A. Swanson, e entregue à Marinha dos Estados Unidos em 12 de maio de 1938, sendo destinado a Frota do Oceano Pacífico e, felizmente, juntamente com os outros dois porta-aviões dessa frota, estavam ausentes de Pearl Harbor, quando o ataque japonês ocorreu em 7 de dezembro de 1941. Sua primeiro ação militar foi o naufrágio em 10 de dezembro 1941, por um caça-bombardeiro Douglas SBD "Dauntless" de sua escolta que bombardeou e afundou o submarino japonês I-70, o primeiro submarino que a Marinha Japonesa perdeu na guerra. Após um breve período em Pearl Harbor, o grupo USS Enterprise partiu em 11 de janeiro de 1942, protegendo um comboio para reforçar a ilha de Samoa. Em 1º de fevereiro, a Força Tarefa em que ele estava operando, realizam ataques em Kwajalein, Wotje e Maloelap nas Ilhas Marshall, afundando três navios, danificando oito, e destruindo vários aviões e instalações terrestres. A USS Enterprise recebeu apenas pequenos danos durante o contra-ataque japonês e seu grupo recuou para Pearl Harbor. Em abril de 1942, ele escoltou "seu irmão gêmeo", o USS Hornet, no Ataque à Tóquio, também chamada de Operação Doolittle, quando bombardeiros B-25 partiram do USS Hornet para atacar Tóquio, sendo esta uma resposta americana ao ataque em Pearl Harbor. Nenhum dos dois porta-aviões pôde retornar a tempo de participar da Batalha do Mar de Coral. O USS Enterprise e USS Yorktown participaram da Batalha de Midway em 4 de Junho de 1942, sendo esta, a batalha que dizimou a Frota Japonesa. Neste confronto, as aeronaves do USS Enterprise afundaram os porta-aviões japoneses Kaga, Akagi e Hiryu, este último em conjunto com aviões do porta-aviões USS Yorktown, que decolaram do porta-aviões USS Enterprise em razão do USS Yorktown ter sido bombardeado. Em 6 de junho, o cruzador pesado Mikuma e o cruzador pesado Mogami foram afundados pelos seus aviões torpedeiros e aviões bombardeiros de mergulho, dois destróieres, também, foram danificados. Em agosto de 1942, a USS Enterprise forneceu cobertura aérea para as operações de pouso na ilha de Guadalcanal, durante a qual, seus dispositivos conseguiram derrubar 17 aviões japoneses em dois dias. No curso da Batalha das Ilhas Salomão, o porta-aviões USS Enterprise foi atingido por três impactos diretos e quatro próximos, que causaram 77 mortes e 91 feridos, além de sofrerem sérios danos. Reparos de emergência foram feitos até que o porta-aviões pudesse retornar ao Havaí por conta própria. No dia 26 de outubro, durante a Batalha de Santa Cruz, ele foi danificado novamente por dois impactos, que causaram 44 mortos e 75 feridos. Apesar dos sérios danos sofridos, o USS Enterprise continuou na batalha e pegou um grande número de aeronaves do porta-aviões USS Hornet, quando este porta-aviões foi afundado. Em 13 de novembro, seus torpedeiros afundaram o navio Hiei, que já estava danificado, e no dia seguinte, atacaram um comboio japonês de onze navios mercantes. Imediatamente depois, o USS Enterprise recebeu um longo período de descanso para realizar importantes reparos nos EUA, como por exemplo, um sistema anti-torpedos que melhorou consideravelmente sua proteção subaquática. De volta ao Pacífico em novembro de 1943, ele apoiou os desembarques em Makin e participou dos ataques contra Kwajalein, onde retornou para a invasão em janeiro de 1944. Junto com a Força Tarefa 58, o USS Enterprise atacou a Base de Truk nas Carolinas em 7 de fevereiro de 1944. Ele novamente fez história, sendo o primeiro porta-aviões dos EUA a lançar um ataque noturno guiado por radar. Até abril daquele ano, participou de ataques contra Yap, Ulithi, Woleai, as Ilhas Palau e novamente em Truk. Em junho de 1944, foi transferido para a Força Tarefa 58, participando do ataque contra as Ilhas Marianas. Em 19 de junho, participou da Batalha do Mar das Filipinas. Após um mês de descanso em Pearl Harbor, o USS Enterprise foi enviado para as Ilhas Bonin, Yap, Ulithi e as Ilhas Palau para operações aéreas entre agosto e setembro de 1944. De 10 a 20 de outubro, seus pilotos atacaram Okinawa, Formosa e Filipinas, em preparação para a invasão de Leyte. Entre os dias 23 e 26 de outubro, participou da Batalha do Golfo de Leyte. O USS Enterprise continuou em serviço até 14 de maio de 1945, quando sofreu dois ataques Kamikaze, danificando o elevador de arco e matando 14 homens e ferindo 34. Em 7 de junho de 1945, o USS Enterprise retornou aos EUA, onde passou por um importante trabalho de reparo, retornando completamente consertado, para Pearl Harbor. Seu último serviço foi a transferência de 1.100 soldados, de volta para casa. O USS Enterprise, finalmente, chegou ao estaleiro em Nova York em 18 de janeiro de 1946 para ser desmantelado, sendo dispensado da Marinha em 17 de fevereiro de 1947 e 01 de julho de 1958 foi vendido como sucata. Além de uma citação presidencial, ele recebeu a Comenda da Marinha e 20 estrelas de batalha por seus serviços durante a guerra.


FDC LANÇAMENTO USS ENTERPRISE - 03/10/1936.


DATA COMISSIONAMENTO DO USS ENTERPRISE - 12/05/1938.


VIAGEM USS ENTERPRISE ATÉ O RIO DE JANEIRO/BRASIL - 26/07/1938.


MENÇÕES HONROSAS AO USS ENTERPRISE.


USS ENTERPRISE DEIXA SUA DOCA DE CONSTRUÇÃO - 23/10/1936.


USS ENTERPRISE NAVEGANDO EM MAR ABERTO - 1939.


USS ENTERPRISE ATRACADO EM PEARL HARBOR - 1942.


USS ENTERPRISE NA BATALHA DAS ILHAS SANTA CRUZ - 1942.


USS ENTERPRISE É ATINGIDO NA POPA POR UM KAMIKAZE - 14/05/1945.


USS ENTERPRISE, LOCAL DO IMPACTO KAMIKAZE,
ELEVADOR DE AVIÕES.


ÚLTIMA VIAGEM USS ENTERPRISE, LEVAR OS SOLDADOS PARA CASA...


USS ENTERPRISE AGUARDANDO PARA SER DESMANTELADO.


PLACA ORIGINAL DO USS ENTERPRISE NO MEMORIAL EM RIVER VALE, NOVA JERSEY.
avatar
Antonio C. Pulsy

Idade : 62
Localização : Canoas/RS.
Data de inscrição : 24/04/2014

http://antonio.pulsy@bol.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum