INGLATERRA - 2ª GUERRA MUNDIAL: CAÇA HAWKER HURRICANE: "O SALVADOR DA PÁTRIA" - 1940!!!

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

INGLATERRA - 2ª GUERRA MUNDIAL: CAÇA HAWKER HURRICANE: "O SALVADOR DA PÁTRIA" - 1940!!!

Mensagem por Antonio C. Pulsy em Seg Nov 13 2017, 09:36

Compartilho com os colegas, "Caça Hawker Hurricane, O Salvador da Pátria - 1940".


                                                   CAÇA HAWKER HURRICANE,
                                                    "O SALVADOR DA PÁTRIA".
           
Os ingleses assim o chamavam, "Salvador da Pátria". O primeiro caça monoplano e o primeiro com uma velocidade máxima de 483km/h a entrar em serviço na Real Força Aérea, o Hawker Hurricane foi projetado por Sydney Camm e voou pela primeira vez em 6 de novembro de 1935, entrando em serviço no final de 1937. O Hawker Hurricane Mk I, equipado com o motor Rolls-Royce Merlin II de 1.030hp e com oito metralhadoras de 7,7mm, foi o principal caça britânico na Batalha da Grã-Bretanha em 1940, e destruiu mais aeronaves inimigas do que qualquer outro. Depois vieram o MK IIA que tinha uma motor Merlin XX de 1.280hp introduzido em 1940, o MK IIB, introduzido em 1941, tinha doze metralhadoras e o Hurricane MK IIC, também introduzido em 1941, equipado com quatro canhões de 20mm. Essas versões eram capazes de carregar até 227kg de bombas sob as asas. Esses aviões serviram como caças, caças-bombardeiros, caças noturnos e serviram também em missões de reconhecimento até 1943. O MK II era extensivamente usado como um caça noturno em missões de defesa sobre a Inglaterra e em incursões noturnas sobre os campos de bombardeiros alemães na França. O Hurricane MK IID tinha dois canhões antitanques de 40mm. Essas armas eram carregadas sob as asas e essa versão foi particularmente um sucesso no Norte da África. O MK IV era capaz de carregar até oito foguetes de até 27,2kg. Sempre lembrado como lento entre os caças Ingleses, ele tinha uma ótima manobrabilidade e aguentava considerável dano em batalha. O Spitfire ganhava toda a atenção, mas o Hawker Hurricane ganhava batalhas. Fácil de pilotar, foi indispensável durante a Segunda Guerra. Um grupo de caças Hawker Hurricane britânicos cruza o mar do norte nas alturas, quando, de repente, se deparam com nove bombardeiros Heinkel He 115 alemães. Segundos depois são ouvidos disparos das metralhadoras dos Hurricane e quatro aviões alemães despencam no mar, os outros fogem. Os conflitos de outubro de 1939, tornaram-se o batismo de fogo do Hawker Hurricane. Os caças britânicos revelam-se uma poderosa arma. Anos antes, a força aérea britânica havia encomendado um avião que pudesse ser montado ao redor do mais recente motor Rolls-Royce. Antes, os britânicos tinham se utilizado dos biplanos, mas a nova construção era mais reforçada. Depois da batalha da Grã-Bretanha, em 1940, o vencedor ficou claro: o Hawker Hurricane mostrou-se imbatível, destruindo tantos aviões de combate alemães, quanto os Spitfire e a defesa antiaérea juntos. Não foi por sorte que o maior ás da aviação na Batalha da Grã-Bretanha, o sargento tcheco Josef Frantisek, derrubou 17 aviões inimigos - pilotava um Hurricane. A maior vantagem do avião era sua simplicidade: os mecânicos não precisavam de mais que um martelo e uma chave de fenda para consertá-lo. E o seu motor estável, um Rolls-Royce Merlin III de 12 cilindros, raramente dava problema. A construção simples e robusta, também foi a razão pela qual foram construídos mais de 14 mil Hurricanes antes e durante a Guerra, incluindo 1.451 produzidos no Canadá e, também, os modelos Sea Hurricane que serviam em porta-aviões. Uma outra razão era que um Hawker podia ser usado em praticamente todos os tipos de tarefa. O avião se dava muito bem em duelos aéreos e contra o fogo antiaéreo do solo - isso, apesar de não ser o mais rápido ou avançado avião de guerra. Ao mesmo tempo, o Hurricane era tão fácil de manusear que até pilotos inexperientes o usavam sem dificuldades, e a grande distância entre as rodas tornava o avião fácil de pousar. O Hawker Hurricane participou da guerra do início ao fim. Os aviões foram usados na defesa da Ilha de Malta, por exemplo, um local estrategicamente importante. Dia após dia, os aviões eram lançados dos navios aliados e os pilotos voavam sem medo da morte contra os aviões italianos e alemães, mesmo em inferioridade numérica e com menor poder de fogo. Apesar disso, os Hawker Hurricane conseguiram segurar a situação até chegarem reforços da Inglaterra. Após Malta, o general alemão Rommel conheceu o poder de fogo do avião britânico. Seis esquadrões equipados com canhões de 40mm e bombas de 227kg, foram enviados diretamente para El Alamein, no Egito. Lá aniquilaram 500 unidades militares, incluindo vários carros de combate, e forçaram o inimigo a se retirar. Os aviões Hurricane conseguiram chegar até a União Soviética, que tomou emprestados 3 mil deles no início da guerra. E eles contribuíram para tornar o avanço do Exército Alemão um verdadeiro inferno. Os pilotos soviéticos, contudo, nunca gostaram do Hawker tanto quanto os britânicos, mas foram forçados a admitir que essas aeronaves conseguiam algo que poucos aviões de combate conseguiram: manter-se inteiros no ar, mesmo com buracos de bala. O único piloto de caça da Força Aérea Britânica a ganhar a Cruz da Vitória, pilotava um Hurricane. Em 16 de agosto de 1940, Eric James Brindley Nicolson estava em seu avião quando foi atacado por caças Messerschmitt Bf 100. O avião de Nicolson foi atingido e o tanque de combustível começou a vazar. O piloto achou que seria forçado a pular de paraquedas, mas, no mesmo momento, ele avistou mais um caça alemão. Ele voltou a seu assento e mesmo com seu Hurricane em chamas, perseguiu o avião alemão e o abateu antes de pular de paraquedas. O avião era um sobrevivente em campo de batalha, e assim como seus pilotos, não desistia nunca.


TRIBUTO AO CAÇA HAWKER HURRICANE.


CAÇA HAWKER HURRICANE EM AÇÃO.


PROTÓTIPO HAWKER HURRICANE, K5083, ANTES DE SEU PRIMEIRO VOO, 06 DE NOVEMBRO DE 1935.


HAWKER HURRICANE.


FORMAÇÃO DE SEIS HAWKER HURRICANE.


HAWKER HURRICANE MK IV ARMADO COM FOGUETES (ASA ESQ.)


HAWKER HURRICANE MK IV ARMADO COM 8 FOGUETES.


HAWKER HURRICANE RESTAURADO.


SARGENTO TCHECO JOSEF FRANTISEK,
PILOTO DE HAWKER HURRICANE.


PILOTO ERIC JAMES BRINDLEY NICOLSON.


MEDALHA CRUZ DA VITÓRIA.
avatar
Antonio C. Pulsy

Idade : 61
Localização : Canoas/RS.
Data de inscrição : 24/04/2014

http://antonio.pulsy@bol.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: INGLATERRA - 2ª GUERRA MUNDIAL: CAÇA HAWKER HURRICANE: "O SALVADOR DA PÁTRIA" - 1940!!!

Mensagem por Marcelo Zampa Filgueiras em Seg Nov 13 2017, 09:57

É um lindo avião, e os selos ilustram muito bem. Obrigado Antônio.
avatar
Marcelo Zampa Filgueiras

Idade : 51
Localização : São João Nepomuceno - MG
Data de inscrição : 07/04/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: INGLATERRA - 2ª GUERRA MUNDIAL: CAÇA HAWKER HURRICANE: "O SALVADOR DA PÁTRIA" - 1940!!!

Mensagem por H Roberto em Seg Nov 13 2017, 12:25

Peço licença ao amigo Antonio colocar minha modesta contribuição no seu post

DSC01111 by H Roberto, no Flickr" />
avatar
H Roberto

Idade : 68
Localização : Santa Maria - RS - Brasil
Data de inscrição : 22/02/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: INGLATERRA - 2ª GUERRA MUNDIAL: CAÇA HAWKER HURRICANE: "O SALVADOR DA PÁTRIA" - 1940!!!

Mensagem por FRITZEN em Seg Nov 13 2017, 15:41












avatar
FRITZEN

Localização : florianópolis
Data de inscrição : 24/08/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: INGLATERRA - 2ª GUERRA MUNDIAL: CAÇA HAWKER HURRICANE: "O SALVADOR DA PÁTRIA" - 1940!!!

Mensagem por Wilson de Oliveira Neto em Qua Nov 15 2017, 15:25

Boa publicação, Pulsy cheers A Batalha da Grã-Bretanha foi uma saia-justa para os ingleses, cujo Comando de Caças da RAF quase entrou em colapso. Graças à estupidez de Hitler,
que ordenou a mudança de alvos militares para civis, a RAF conseguiu tomar fôlego e interceptar a Luftwaffe, que perdeu boa parte da sua tripulação adestrada e com experiência em combate nos céus da Grã-Bretanha.
avatar
Wilson de Oliveira Neto

Idade : 38
Localização : São Bento do Sul, Santa Catarina
Data de inscrição : 14/10/2011

http://minhacolecaodeselospostais.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: INGLATERRA - 2ª GUERRA MUNDIAL: CAÇA HAWKER HURRICANE: "O SALVADOR DA PÁTRIA" - 1940!!!

Mensagem por Antonio C. Pulsy em Qua Nov 15 2017, 17:58

Prezado,

li em algum local, não sei onde, que tudo "mudou" em razão de um bombardeio noturno alemão, onde os pilotos alemães não encontraram o alvo determinado naquela noite e para não retornarem para suas bases com suas bombas, lançaram-nas a esmo e tiveram a infelicidade de que "elas" caíram numa cidadezinha inglesa. A resposta dos ingleses foi imediata, bombardearam cidades alemãs na próprio Alemanha e assim houve a mudança por parte de Hitler dos alvos militares para civis...será que é verdade ou os ingleses montaram uma "artimanha" para resolver um problema que estava se tornando gravíssimo, ou seja, a Luftwaffe estava bombardeando, apenas, os campos de pouso da RAF...
avatar
Antonio C. Pulsy

Idade : 61
Localização : Canoas/RS.
Data de inscrição : 24/04/2014

http://antonio.pulsy@bol.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: INGLATERRA - 2ª GUERRA MUNDIAL: CAÇA HAWKER HURRICANE: "O SALVADOR DA PÁTRIA" - 1940!!!

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum