ALEMANHA - 1ª GUERRA MUNDIAL: A "POMPÉIA" DA FRENTE OCIDENTAL - 1918!!!

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

ALEMANHA - 1ª GUERRA MUNDIAL: A "POMPÉIA" DA FRENTE OCIDENTAL - 1918!!!

Mensagem por Antonio C. Pulsy em Qua Set 27 2017, 21:37

Compartilho com os colegas, "A "Pompéia" da Frente Ocidental", uma trincheira alemã preservada pelo tempo!!


                                              PRIMEIRA GUERRA MUNDIAL:
                                         A "POMPÉIA" DA FRENTE OCIDENTAL.


Os corpos de 21 soldados alemães sepultados em um abrigo de trincheira, perfeitamente preservados da Primeira Guerra Mundial, foram descobertos 94 anos depois de serem mortos. Os homens faziam parte de um grupo de 34 que foram enterrados vivos, quando uma enorme bomba aliada explodiu acima do túnel em 1918, fazendo com que desmoronasse. Treze corpos foram recuperados do abrigo subterrâneo, mas os homens restantes tiveram de ser deixados sob uma montanha de lama, pois era muito perigoso recuperá-los. Quase um século depois, arqueólogos franceses tropeçaram na fossa comum na antiga Frente Ocidental no leste da França, durante o trabalho de escavação para um projeto de construção de estradas. Muitos dos restos mortais foram encontrados nas mesmas posições em que os homens estiveram no momento do colapso da trincheira, levando especialistas a comparar a cena com Pompéia. Alguns soldados foram descobertos sentados em um banco, um estava deitado em sua cama e outro estava na posição fetal, tendo sido derrubado por um lance de escadas. Além dos corpos, também foram encontrados objetos pessoais, como botas, capacetes, armas, garrafas de vinho, carteiras, tubos, caixas de cigarros e livros de bolso. O esqueleto de uma cabra foi encontrado, suposto ser uma fonte de leite fresco para os soldados. Os arqueólogos acreditam que os itens foram tão bem preservados, porque quase nenhum ar, água ou luz penetraram na trincheira. O túnel de 300 pés de comprimento foi localizado a 18 pés abaixo da superfície, perto da pequena cidade de Carspach na região da Alsácia na França. Michael Landolt, o arqueólogo que liderou a escavação, disse: "É um pouco como Pompéia. Tudo colapsou em segundos e é exatamente como era na época. Aqui, como em Pompéia, encontramos os corpos como estavam no momento da morte deles. Alguns homens foram encontrados em posições sentados em um banco, outros deitados. Um foi projetado por um lance de escadas de madeira e foi encontrado em posição fetal. O abrigo colapsado foi preenchido com terra. Os itens estavam muito bem preservados por causa da ausência de ar, luz e água. Os objetos de metal estavam enferrujados, a madeira estava em boas condições e encontramos algumas páginas de jornais que ainda eram legíveis. O couro também estava em boas condições, ainda flexível. Os itens serão levados para um laboratório, limpos e examinados". Os soldados mortos faziam parte da 6ª Companhia, 94º Regimento de Infantaria da Reserva. Seus nomes são conhecidos - eles incluem o soldado Martin Heidrich, 20 anos, o soldado Harry Bierkamp, ​​22 anos e o tenente August Hutten, de 37 anos, cujos nomes estão inscritos em um memorial no cemitério de guerra alemão de Illfurth. Os corpos foram entregues à Comissão de Sepultura da Guerra alemã, mas a menos que os parentes possam ser encontrados e eles peçam que os restos sejam repatriados, caso contrário, é planejado que os homens sejam enterrados em Illfurth. O túnel subterrâneo era grande o suficiente para abrigar 500 soldados e tinha 16 saídas. Teria sido equipado com aquecimento, conexões telefônicas, eletricidade, camas e uma bomba para bombear água. Os franceses atacaram o abrigo em 18 de março de 1918 com bombas aéreas que penetraram o solo e explodiram na parede lateral do abrigo em dois pontos. Estima-se que mais de 165 mil soldados ainda não foram identificados na Frente Ocidental.


EMISSÃO ITÁLIA PRIMEIRA GUERRA MUNDIAL 1914 - 1918.


MAPA LOCALIZAÇÃO DA CIDADE ONDE FOI ENCONTRADA A TRINCHEIRA.


SOLDADOS ALEMÃES EM TRINCHEIRA SIMILAR A ENCONTRADA.


VISTA AÉREA DA TRINCHEIRA DESCOBERTA.


VISTA DA ESCAVAÇÃO DA TRINCHEIRA.


PARTE SUBTERRÂNEA DA TRINCHEIRA.


CAPACETE ALEMÃO RESGATADO.


COLDRE EM COURO DE UMA PISTOLA ALEMÃO.


MONUMENTO NO CEMITÉRIO DE ILLFURTH AOS SOLDADOS ALEMÃES.


PLACA NO CEMITÉRIO ALEMÃO DE ILLFURTH.
avatar
Antonio C. Pulsy

Idade : 61
Localização : Canoas/RS.
Data de inscrição : 24/04/2014

http://antonio.pulsy@bol.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum