BRASIL - "A VARIG FOI CRIADA PARA SERVIR"!!!

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

BRASIL - "A VARIG FOI CRIADA PARA SERVIR"!!!

Mensagem por Antonio C. Pulsy em Sab Maio 06 2017, 10:32

Compartilho com os colegas, envelopes circulados via "VARIG", homenageando esta ex-empresa aérea que neste domingo dia 07/05, estaria completando 90 anos e foi fundada oficialmente como "Viação Aérea Rio-Grandense".

                                                 “A VARIG FOI CRIADA PARA SERVIR.”

A criação da uma empresa de transporte aéreo brasileira surgiu na mente de Otto Ernet Meyer Labastille, um alemão nascido em 1897 em Neider-Marschhacht, ex-oficial-aviador da Aviação Real Prussiana. Ele emigrou para o Brasil em 1921, contratado por uma empresa alemã em Recife. Otto Meyer tentou criar uma empresa de transporte aéreo em Recife e depois no Rio de Janeiro, mas só encontrou o apoio necessário em Porto Alegre. Em 1926 ele partiu para Alemanha em busca de aeronaves e funcionários experientes. Lá ele fez um acordo com a companhia aérea alemã Condor Syndikat e Lufthansa: a empresa forneceria um avião e funcionários para operar a aeronave em troca de 21% da futura companhia aérea brasileira. O hidro-avião chegou ao Rio Grande do Sul no dia 19 de novembro de 1926. O avião também voou para Florianópolis e Rio de Janeiro, levando ministros, jornalistas, cinegrafistas e outras pessoas importantes, mostrando as qualidades da aeronave, bem com fazendo propaganda da nova atividade aérea no Brasil. Em 26 de janeiro de 1927, o Brasil autorizou a Condor Syndikat a voar no Brasil por um ano. No dia 3 de fevereiro de 1927 aconteceu o primeiro voo comercial do Brasil, operado pela Condor Syndikat para a VARIG. O voo decolou as 8 horas da manhã em Porto Alegre, com destino a cidade de Rio Grande, fazendo escala em Pelotas. Quem realizou a operação foi a Condor Syndikat porque a VARIG ainda não tinha sido oficialmente criada. No dia 7 de maio de 1927 foi criada oficialmente a "Viação Aérea Rio Grandense", ou simplesmente,"VARIG". A Linha da Lagoa e o avião Dornier Wal "Atlântico" foram transferidos da Condor Syndikat (posteriormente viria a ser Syndicato Condor) para a VARIG no dia 15 de junho de 1927. A primeira rota da VARIG ficou conhecida como a "Linha da Lagoa" e ligava Porto Alegre, Pelotas e Rio Grande. O voo era feito em baixa altitude, entre 20 e 50 metros, sobre a Lagoa dos Patos, numa velocidade de cruzeiro de 160 km/h. O avião tinha capacidade para levar 9 passageiros. No check-in, o passageiro era pesado junto com a sua bagagem, e se passasse de 75 kg era cobrado como excesso. Também eram distribuídos para os passageiros, algodão e chicletes. O algodão servia para colocar nos ouvidos para abafar o barulho dos motores e os chicletes para aliviar o desconforto causado pela mudança de pressão. O voo durava cerca de duas horas e 20 minutos, bem mais rápido do que uma viagem de trem e a passagem não era muito mais caro.  A VARIG construiu uma rampa e algumas oficinas na Ilha Grande dos Marinheiros, na foz do Rio Jacuí, bem em frente a cidade de Porto Alegre, para servir como base de operações. No final de 1927 a VARIG transportou um total de 668 passageiros e a empresa recebeu sua segunda aeronave, o Dornier Merkur, batizado de "Gaúcho". A companhia também adquiriu dois Klemm L-25, mas estas aeronaves não costumavam levar passageiros, pois só haviam dois lugares no avião: para um passageiro e outro para o piloto. Essas aeronaves eram utilizadas para o transporte das malas postais e, também, faziam propaganda da aviação comercial em cidades do interior do Rio Grande do Sul. Quando o Brasil entrou na Segunda Guerra Mundial, na década de 40, ao lado dos EUA e seus aliados contra a Alemanha, as companhias aéreas brasileiras de origem alemã (Syndicato Condor e Varig) tiveram que cortar seus laços com a Alemanha. O Syndicato Condor foi nacionalizado e todos alemães foram afastados. A companhia foi rebatizada como Serviços Aéreos Cruzeiro do Sul e a frota da empresa foi substituída por aeronaves americanas. Na VARIG, o fundador e presidente Otto E. Meyer, deixou a companhia e as aeronaves alemães Junkers foram substituídas por aeronaves americanas Douglas DC-3.
 “A Varig foi criada para servir”, palavras de Otto E. Meyer.


HIDROAVIÃO DORNIER WAL "ATLÂNTICO".


HIDROAVIÃO DORNIER WAL "ATLÂNTICO".


PASSAGEIROS ERAM LEVADOS DE BARCO A REMO
PARA EMBARQUE.


HIDROAVIÃO DORNIER MERKUR, 2º AVIÃO DA VARIG, BATIZADO "GAÚCHO".


ESTAÇÃO DE PASSAGEIROS EM PELOTAS.


ENVELOPE CIRCULADO VIA VARIG, LINHA DA LAGOA, DESTINO PELOTAS - 1929.


VERSO CARIMBO DE CHEGADA SYNDICATO CONDOR, PARCEIRO COMERCIAL DA VARIG.


ENVELOPE CIRCULADO VIA VARIG, LINHA DA LAGOA, DESTINO PELOTAS - 1930.
avatar
Antonio C. Pulsy

Idade : 61
Localização : Canoas/RS.
Data de inscrição : 24/04/2014

http://antonio.pulsy@bol.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: BRASIL - "A VARIG FOI CRIADA PARA SERVIR"!!!

Mensagem por rafaelkonzen em Sab Maio 06 2017, 11:00

Muito interessante. Fico imaginando como era pegar um barquinho a remo para o entrar no avião. Os passageiros "na beca " levando, no mínimo, uns respingos.
avatar
rafaelkonzen

Idade : 41
Localização : Novo Hamburgo - RS
Data de inscrição : 03/04/2010

http://mystampcollectionbrazil.blogspot.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: BRASIL - "A VARIG FOI CRIADA PARA SERVIR"!!!

Mensagem por FRITZEN em Sex Maio 26 2017, 12:13

avatar
FRITZEN

Localização : florianópolis
Data de inscrição : 24/08/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: BRASIL - "A VARIG FOI CRIADA PARA SERVIR"!!!

Mensagem por Fabio Monteiro em Sex Maio 26 2017, 18:07

Fantástico esse envelope, Fritzen! Interessante notar que o carimbo triangular da Varig foi aplicado abaixo, i.e. antes dos selos da Vovó, que, por sua vez foram carimbados em 25/6/27 tb em triângulos de Porto Alegre, quando a empresa tinha um mês e meio de existência.

Tb interessante é o adesivo de entrega expressa ("Durch Eilboten"), aplicado na Alemanha. Resta saber se o porte de 1000 reis dava direito a isso, na época.

No meu tempo se dizia que Varig significava: "Vários Alemäes Reunidos Iludindo os Gaúchos". Agora, que a Varig deixou saudades, isso deixou! Abs do fabio.
avatar
Fabio Monteiro

Localização : Alemanha
Data de inscrição : 08/11/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: BRASIL - "A VARIG FOI CRIADA PARA SERVIR"!!!

Mensagem por ahl em Sex Maio 26 2017, 19:18

Antonio C. Pulsy escreveu:

[...]


ENVELOPE CIRCULADO VIA VARIG, LINHA DA LAGOA, DESTINO PELOTAS - 1930.

Boa noite,

O envelope que nos mostrou tem selos, marcas de dia ou quaisquer outras anotações no verso?

Obg pela resposta possível
avatar
ahl

Localização : Portugal
Data de inscrição : 30/12/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: BRASIL - "A VARIG FOI CRIADA PARA SERVIR"!!!

Mensagem por Antonio C. Pulsy em Sex Maio 26 2017, 20:02

Prezado,

para sua apreciação, conforme solicitado.

avatar
Antonio C. Pulsy

Idade : 61
Localização : Canoas/RS.
Data de inscrição : 24/04/2014

http://antonio.pulsy@bol.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: BRASIL - "A VARIG FOI CRIADA PARA SERVIR"!!!

Mensagem por ahl em Sex Maio 26 2017, 20:41

Antonio C. Pulsy escreveu:Prezado,

para sua apreciação, conforme solicitado.


Boa noite,
Obg pela resposta.

Analisemos agora a carta:

1º -  A carta apresenta à chegada a data do dia seguinte.
Kriebel (1996:104) Correio aéreo [...] diz que a distância entre as duas localidades era de 225 km.
Devido à distância em causa a carta apresenta selos de 300+1300 réis.
Ora... se tivesse apenas o selo de 300 réis e fosse via superfície... não chegaria igualmente a carta no dia seguinte?

2º - A carta foi transportada fora do circuito postal como o demonstram o carimbo de partida, o carimbo de chegada do transportador e o carimbo M.P. (Mão própria). Significa isto que... se esperaria que a carta fosse entregue ao destinatário pelo transportador.
Porém... ao chegar a Pelotas a carta entrou no correio como o provam dois elementos:
a - O endereço do destinatário ser uma Caixa Postal
b - A marca de dia dos correios à chegada
Ao chegar aqui ressalta desde logo uma questão interessante. A saber:

A carta tinha tudo pago até ser entregue ao destinatário por quem a levava... mas o que o transportador fez foi levá-la ao correio para que este tratasse do serviço postal de entregar a carta ao destinatário.
Assim sendo, e tendo a carta entrado no correio com selos já usados... perguntará um qualquer filatelista iniciante se não deveria quem a entregou ter pago, em selos de correio, novos, a taxa de 300 réis.
Esta questão é interessante para analisar do ponto de vista da legislação postal aplicável.


Última edição por ahl em Sex Maio 26 2017, 21:11, editado 2 vez(es)
avatar
ahl

Localização : Portugal
Data de inscrição : 30/12/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: BRASIL - "A VARIG FOI CRIADA PARA SERVIR"!!!

Mensagem por H Roberto em Sex Maio 26 2017, 20:54

tico e teco aqui entraram em colapso
avatar
H Roberto

Idade : 68
Localização : Santa Maria - RS - Brasil
Data de inscrição : 22/02/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: BRASIL - "A VARIG FOI CRIADA PARA SERVIR"!!!

Mensagem por Antonio C. Pulsy em Sex Maio 26 2017, 21:57

Prezado,
até onde sei: o remetente deveria ir aos Correios e pagar a taxa relativa ao peso da carta no caso desta 300 Réis, o agente dos Correios apõe o carimbo "MP". O remetente irá até a agência da Varig para pesar a carta e pagar a esta a prestação do serviço, ou seja, o envio pelo Correio Aéreo via Varig até o destino, neste caso o selo Varig, valor 1300 Réis e carimbo Varig sobre o selos que formam o porte. Chegada do avião no destino, o agente da Varig carimbava no verso do envelope com carimbo Varig, posteriormente, os Correios faziam a recolha do malote na agência da Varig na cidade. Outros meios de transportes não eram tão rápidos assim: a) via Lagoa dos Patos, lacustre, em média 03 a 5 dias, disponibilidade de horários e condições climáticas no trajeto na lagoa;
b) via trem era possível, porem a distância a ser percorrida era muito maior, várias paradas pelo caminho, provável de 3 dias ou mais até o destino.
avatar
Antonio C. Pulsy

Idade : 61
Localização : Canoas/RS.
Data de inscrição : 24/04/2014

http://antonio.pulsy@bol.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: BRASIL - "A VARIG FOI CRIADA PARA SERVIR"!!!

Mensagem por ahl em Sex Maio 26 2017, 23:00

H Roberto escreveu:tico e teco aqui entraram em colapso

Boa noite,

Caro H Roberto,

M.P. significava Mão Própria, i.e. transportada por particular.
Assim sendo, se depois de estar na mão de um particular a correspondência entrasse no correio... era suposto ter de pagar a taxa postal que fosse devida.
Por esta razão enunciei o princípio de que "Esta questão é interessante para analisar do ponto de vista da legislação postal aplicável."

FONTE para o conceito de M.P.
Artº 16º, 9º, do decreto nº14.722 de 16 de Março de 1921
http://legis.senado.leg.br/legislacao/ListaTextoIntegral.action?id=29535&norma=45093
avatar
ahl

Localização : Portugal
Data de inscrição : 30/12/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: BRASIL - "A VARIG FOI CRIADA PARA SERVIR"!!!

Mensagem por ahl em Qua Maio 31 2017, 19:16

Antonio C. Pulsy escreveu:Prezado,
até onde sei: o remetente deveria ir aos Correios e pagar a taxa relativa ao peso da carta no caso desta 300 Réis, o agente dos Correios apõe o carimbo "MP". O remetente irá até a agência da Varig para pesar a carta e pagar a esta a prestação do serviço, [...]

Boas noites,

Caríssimo Pulsy,

1º - Qual é a fonte proveniente dos correios que contém a sua informação acima citada?
Nota 1 - Pergunto isto porque se o remetente fosse ao correio com a carta, e a trouxesse com ele, etc... o correio teria de obliterar/carimbar os selos, inutilizando-os para que não voltassem a ser utilizados. Adicionalmente poria o carimbo M.P. indicativo de a carta estar a ser transportada por mãos estranhas aos correios. Note-se que se o correio não obliterasse os selos o remetente poderia entregar a carta ao destinatário e... voltar a utilizar os selos.

2º - Independentemente da resposta que lhe peço mais acima... a questão que eu coloquei é outra. A saber:
Se a carta (de 1 de Março de 1930) já não estava nas mãos do correio e se tinha o carimbo M.P. para poder ser entregue ao destinatário por qualquer pessoa... não seria de esperar que se entrasse de novo nos correios tivesse de pagar nova taxa postal? (Em cumprimento do artº 4º, 2º, do decreto nº14.722 de 16 de Março de 1921).
http://legis.senado.leg.br/legislacao/ListaTextoIntegral.action?id=29535&norma=45093
Nota - Registe-se que esta questão não foi abordada no estudo efectuado por Comelli, "O Carimbo M.P. uma Polêmica Desfeita", in Mosaico nº24 de Dezembro de 1998, apesar de constar do estudo em causa uma carta de 1928 igualmente enviada para uma caixa postal.

Nota 2 - A questão que eu coloco não deriva de qualquer suspeita sobre a carta. A questão deriva da leitura e aplicação da legislação postal independentemente de poder ter funcionado assim. Note-se que este tipo de serviço obrigava a compatibilizar as práticas com a lei do monopólio do transporte postal.
avatar
ahl

Localização : Portugal
Data de inscrição : 30/12/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: BRASIL - "A VARIG FOI CRIADA PARA SERVIR"!!!

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum