1922- Madeira para Johannesburg via Capetown por Paquebot?

Página 1 de 3 1, 2, 3  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

1922- Madeira para Johannesburg via Capetown por Paquebot?

Mensagem por Julio Mantovani em Sex Fev 03 2017, 16:47

Boa tarde a todos.

Achei este interessante cartao postal em uma feirinha de velharias.

A empresa que fazia este trajeto na época era a Union-Castle:

Union-Castle Mail S.S. Company
Routes:
1900-1977 Southampton - Madeira - Cape Town - Port Elizabeth - Durban - Port Elizabeth - Cape Town - St.Helena (occasional) - Ascension (occasional) - Las Palmas (occasional) - Southampton.

Fonte: http://www.theshipslist.com/ships/lines/ucastle.shtml


Por gentileza, os colegas podem me ajudar com o nome do Paquebot?

Um abraço.

[url=]

[url=]


Última edição por Julio Mantovani em Qui Mar 09 2017, 14:11, editado 1 vez(es)
avatar
Julio Mantovani

Idade : 37
Localização : Lonate Pozzolo - Italia
Data de inscrição : 20/02/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1922- Madeira para Johannesburg via Capetown por Paquebot?

Mensagem por J.RODRIGUES em Seg Fev 27 2017, 19:32

Belo postal, e obrigado pela informação adicional da Union Castle Mail, abraço

J.RODRIGUES

Idade : 66
Localização : SANTOS
Data de inscrição : 25/07/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1922- Madeira para Johannesburg via Capetown por Paquebot?

Mensagem por ahl em Seg Fev 27 2017, 21:12

Boa noite,

A imagem que nos mostrou não permite ler todo o texto... e, como tal, por esta via não é possível determinar se o BPI foi efectivamente entregue a bordo de um barco da Union Castle Line ou se o foi de outra companhia marítima com entrada em Cape Town/South Africa.

No livro de Philip Cattell intitulado The Union Castle Line não existem horários (timetables) para o ano de 1922.
Assim sendo o melhor será consultar os jornais de Cape Town da data em questão.
avatar
ahl

Localização : Portugal
Data de inscrição : 30/12/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1922- Madeira para Johannesburg via Capetown por Paquebot?

Mensagem por Fabio Monteiro em Ter Fev 28 2017, 03:31

Com a imagem um pouco menor lê-se melhor...

avatar
Fabio Monteiro

Localização : Alemanha
Data de inscrição : 08/11/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1922- Madeira para Johannesburg via Capetown por Paquebot?

Mensagem por ahl em Ter Fev 28 2017, 14:15

Boas tardes,

Nem mesmo assim, com a imagem reduzida, etc, se consegue detectar algo escrito que permita saber onde ou em que barco foi o BPI entregue.

Restará, assim sendo, a consulta dos jornais entrados em Cape Town na data em questão.
Quiçá só tenha entrado um barco por aqueles dias 21/22 de Maio de 1922.
avatar
ahl

Localização : Portugal
Data de inscrição : 30/12/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1922- Madeira para Johannesburg via Capetown por Paquebot?

Mensagem por Julio Mantovani em Dom Mar 05 2017, 19:36

Boa noite, amigos.

Obrigado pelos comentarios.

AHL, realmente nao se ve muito bem a parte mais clara da imagem, mas infelizmente nao ha informaçoes relevantes naquela parte.
Nao encontrei informaçao sobre outra linha que fizesse o trajeto, por isso estava procurando sobre a Union Castle.
Vou ver se consigo achar algo em jornais como voce indicou.

Mais uma vez obrigado pela ajuda.

Um abraço.

Julio
avatar
Julio Mantovani

Idade : 37
Localização : Lonate Pozzolo - Italia
Data de inscrição : 20/02/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1922- Madeira para Johannesburg via Capetown por Paquebot?

Mensagem por ahl em Dom Mar 05 2017, 21:27

Julio Mantovani escreveu:Boa noite, amigos.

Obrigado pelos comentarios.

AHL, realmente nao se ve muito bem a parte mais clara da imagem, mas infelizmente nao ha informaçoes relevantes naquela parte.
Nao encontrei informaçao sobre outra linha que fizesse o trajeto, por isso estava procurando sobre a Union Castle.
Vou ver se consigo achar algo em jornais como voce indicou.

Mais uma vez obrigado pela ajuda.

Um abraço.

Julio

Boa noite,

Caríssimo Mantovani,
O facto de o BPI apresentar uma ilustração da Madeira no verso (sic) não significa em si mesmo que tenha sido enviado a partir da Madeira ou por alguém que tivesse saído da respectiva ilha há pouco tempo, embora isso seja possível e até provável.

Ainda assim, e admitindo a hipótese da possibilidade de alguém em viagem usar "aqui" um BPI de "ali", o melhor mesmo é tentar saber quais foram os barcos que entraram naquele porto naquela data.

A possibilidade que registo deriva do facto de qualquer pessoa poder guardar consigo um BPI e de o usar em qualquer outro momento.
avatar
ahl

Localização : Portugal
Data de inscrição : 30/12/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1922- Madeira para Johannesburg via Capetown por Paquebot?

Mensagem por Sergioselos em Seg Mar 06 2017, 14:59

Eu não entendo muito desse assunto, mas olhando a imagem me parecem dois carimbos, sendo um de envio, e outro de chegada.

Apesar de nao conseguir ter certeza pela imagem da data de um me parece 22/05/22 e a outra 24/05/22, se eu estiver errado por favor me corrijam.


Acho muito dificil uma correspondência, sair da ilha da madeira no ano de 1922, e chegar ao seu destino em somente dois dias.

Aparentemente essa correspondencia saiu da Cidade do Cabo.



_________________
Coleciono Brasil comemorativos novos, regulares usados, Portugal, Colonias de Portugal e Machins. Sempre procurando trocas pra fazer.
avatar
Sergioselos

Idade : 49
Localização : São Paulo SP
Data de inscrição : 22/03/2013

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1922- Madeira para Johannesburg via Capetown por Paquebot?

Mensagem por ahl em Seg Mar 06 2017, 19:05

Sergioselos escreveu:Eu não entendo muito desse assunto, mas olhando a imagem me parecem dois carimbos, sendo um de envio, e outro de chegada.

Apesar de nao conseguir ter certeza pela imagem da data de um me parece 22/05/22 e a outra 24/05/22, se eu estiver errado por favor me corrijam.


Acho muito dificil uma correspondência, sair da ilha da madeira no ano de 1922, e chegar ao seu destino em somente dois dias.

Aparentemente essa correspondencia saiu da Cidade do Cabo.



Boa noite,

Caríssimo,

O BPI  não chegou ao destino em dois dias e as datas estarão certas. I.e. não estamos perante um carimbo de partida e outro de chegada mas sim perante dois carimbos aplicados à chegada.

O primeiro carimbo é do tipo PAQUEBOT, de CapeTown / África do Sul, indicando que o BPI deu entrada por via marítima e foi entregue dentro de um barco no alto-mar, de acordo com o estipulado no Regulamento  da Convenção da União Postal Universal de Madrid, 1920.
O regulamento em questão dizia o seguinte para o caso da entrega do correio nas mãos do agente postal embarcado ou nas do comandante do navio: (1)

“Règlement d’exécution de la convention postale universelle
IX.
Application des timbres.
3. - Le timbrage des correspondances déposées, sur les paquebots, dans les boîtes mobiles ou entre les mains des agents des postes embarqués ou des commandants incombe, dans les cas prévus par le § 5 de l’article 13 de la Convention, à l’agent des postes embarqué ou, s’il n’y en a pas, au bureau de poste auquel ces correspondances sont livrées en main. Le cas échéant, celui-ci les frappe de son timbre à date ordinaire et y appose la mention “Paquebot” soit à la main, soit au moyen d’une griffe ou d’un timbre.”


O segundo carimbo é o do serviço de porteado (selo de taxa a cobrar em terminologia do Brasil) por motivo de o BPI não estar franquiado na origem.

Para se saber qual é o barco em questão o melhor é, na ausência de informação escrita ou carimbada no objecto postal em questão, consultar a lista dos navios entrados naquele dia ou na véspera, no porto marítimo em causa.

(1) - A língua oficial da convenção é o francês. Portugal e a África do Sul (tal como o Brasil) foram signatários da convenção em apreço.

Nota - O Brasil subscreveu a convenção postal internacional em questão. A sua aprovação consta do decreto nº4.470 de 14 de Janeiro de 1922
http://www2.camara.leg.br/legin/fed/decret/1920-1929/decreto-4470-14-janeiro-1922-568027-publicacaooriginal-91402-pl.html
avatar
ahl

Localização : Portugal
Data de inscrição : 30/12/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1922- Madeira para Johannesburg via Capetown por Paquebot?

Mensagem por Sergioselos em Ter Mar 07 2017, 13:15

Vamos tentar entender...

A carta foi entregue a autoridade marítima em 22/05, na cidade do cabo. Em dois dias ela chegou a cidade Johanesburgo.
A distância terrestre entre esses dois pontos mais curta é de 1400 Km.
O porto mais proximo é o da cidade Maputo ( Moçambique ), 500Km, porem mais longe da cidade do Cabo , cerca de 800 Km "pra frente".

O porto Durban fica a 700 Km da cidade.

O que eu gostaria de saber é o seguinte:

Como, em 1922, uma carta entra num navio (que esta atracado, parte e atraca de novo), percorre um trajeto, de pelo menos 700 Km maritimos, mais 700 Km terrestres, no ano de 1922 em somente 2 dias?


_________________
Coleciono Brasil comemorativos novos, regulares usados, Portugal, Colonias de Portugal e Machins. Sempre procurando trocas pra fazer.
avatar
Sergioselos

Idade : 49
Localização : São Paulo SP
Data de inscrição : 22/03/2013

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1922- Madeira para Johannesburg via Capetown por Paquebot?

Mensagem por Sergioselos em Ter Mar 07 2017, 13:18

Ou ele teria feito o trajeto de 1400 Km somente por via terrestre?

_________________
Coleciono Brasil comemorativos novos, regulares usados, Portugal, Colonias de Portugal e Machins. Sempre procurando trocas pra fazer.
avatar
Sergioselos

Idade : 49
Localização : São Paulo SP
Data de inscrição : 22/03/2013

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1922- Madeira para Johannesburg via Capetown por Paquebot?

Mensagem por ahl em Ter Mar 07 2017, 16:52

Boa noite,

Caríssimo Sergioselos,

Junto respostas para a generalidade das suas questões.

Sergioselos escreveu:Eu não entendo muito desse assunto, mas olhando a imagem me parecem dois carimbos, sendo um de envio, e outro de chegada.
Apesar de nao conseguir ter certeza pela imagem da data de um me parece 22/05/22 e a outra 24/05/22, se eu estiver errado por favor me corrijam. Acho muito dificil uma correspondência, sair da ilha da madeira no ano de 1922, e chegar ao seu destino em somente dois dias.

[...]

Os  carimbos não são de partida e de chegada mas sim de trânsito/entrada (CapeTown) e de chegada/porteado (Johannesburg).

Sergioselos escreveu:[....]
Aparentemente essa correspondencia saiu da Cidade do Cabo.

Não saiu... entrou. A saber: A correspondência entrou na África do Sul pela Cidade do Cabo e seguiu para Johannesburg.


Sergioselos escreveu:Vamos tentar entender...

A carta foi entregue a autoridade marítima em 22/05, na cidade do cabo. [...]


O BPI (não é uma carta) não foi entregue às autoridades marítimas mas sim aos correios de CapeTown (1). O carimbo é dos correios e não de entidade marítima. Pode ver o carimbo em questão nos catálogos da especialidade, por exemplo no Hosking, 1987 é o nº1279 (2) e é dado com sendo conhecido entre os anos de 1913 e 1938. É um carimbo relativamente fácil de encontrar devido aos muitos anos em que esteve ao serviço.

Sergioselos escreveu:Vamos tentar entender...

A carta foi entregue a autoridade marítima em 22/05, na cidade do cabo. Em dois dias ela chegou a cidade Johanesburgo.
A distância terrestre entre esses dois pontos mais curta é de 1400 Km.
O porto mais proximo é o da cidade Maputo ( Moçambique ), 500Km, porem mais longe da cidade do Cabo , cerca de 800 Km "pra frente".

O porto Durban fica a 700 Km da cidade.

O que eu gostaria de saber é o seguinte:

Como, em 1922, uma carta entra num navio (que esta atracado, parte e atraca de novo), percorre um trajeto, de pelo menos 700 Km maritimos, mais 700 Km terrestres, no ano de 1922 em somente 2 dias?


O BPI entrou por via marítima em Capetown e circulou por via ferroviária para Johannesburg.

Em 1907 a distância por comboio entre Capetown e Johannesburg era de 1012 milhas e o tempo de viagem de comboio variava entre 45 e 47 horas (3). Hoje o tempo é inferior a 30 horas. Com estes dados o tempo de 2 dias em 1922 não é surpreendente, independentemente de poder haver erro de datador.

Sergioselos escreveu:Ou ele teria feito o trajeto de 1400 Km somente por via terrestre?


Sim, circulou por via terrestre/ferroviária. Ver resposta anterior.

Este tipo de correspondência consiste na entrega do objecto postal a bordo de navio  (se estiver no alto-mar será franquiada com selos do país da bandeira do navio) e entregue em porto de escala ou de destino, etc. É carimbada com o conhecido PAQUEBOT exactamente para identificar a sua origem marítima e, quando é o caso, justificar a existência de selos e taxa postal de um país juntas com carimbo de outro.

NOTAS

(1) - Pode ver a legislação postal internacional (o Brasil também aderiu a esta convenção) aplicável a este caso, nas seguintes ligações:

Legislação com o decreto de aprovação - Decreto nº4.470 de 14 de Janeiro de 1922
http://www2.camara.leg.br/legin/fed/decret/1920-1929/decreto-4470-14-janeiro-1922-568027-publicacaooriginal-91402-pl.html

Legislação com os actos firmados pelo Brasil, publicados posteriormente - Decreto nº16.379, de 20 de Fevereiro de 1924
http://www2.camara.leg.br/legin/fed/decret/1920-1929/decreto-16379-20-fevereiro-1924-565815-publicacaooriginal-89547-pe.html

(2) -  Cf. HOSKING (1987). Paquebot Cancellations of the World. 2nd Ed.

(3) - Cf. Union Castle Line [...] Livret de Renseignements pour les Passagers (1907).
avatar
ahl

Localização : Portugal
Data de inscrição : 30/12/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1922- Madeira para Johannesburg via Capetown por Paquebot?

Mensagem por Sergioselos em Qua Mar 08 2017, 07:12

Então, fica claro com isso, que existe um provável erro na data do datador, é torna-se impossivel afirmar de onde partiu o BPI.

Então, não se pode afirmar que ele veio de Madeira.


_________________
Coleciono Brasil comemorativos novos, regulares usados, Portugal, Colonias de Portugal e Machins. Sempre procurando trocas pra fazer.
avatar
Sergioselos

Idade : 49
Localização : São Paulo SP
Data de inscrição : 22/03/2013

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1922- Madeira para Johannesburg via Capetown por Paquebot?

Mensagem por ahl em Qua Mar 08 2017, 16:19

Boa noite,

Sergioselos escreveu:Então, fica claro com isso, que existe um provável erro na data  do datador, é torna-se impossivel afirmar de onde partiu o BPI.

Então, não se pode afirmar que ele veio de Madeira.


Caro Sergioselos,

O que o meu texto e as fontes que citei provam é o inverso do que o meu caro concluiu. Ou seja:
1 - O BPI pode ter vindo da Madeira (o que é provável face ao que é conhecido deste tipo de correio internacional).
2 - O BPI entrou em Capetown por via marítima (a prova é o carimbo Paquebot e o regulamento dos correios da convenção postal internacional de 1920)
3 - O BPI pode ter circulado em 2 dias entre Capetown e Joahnnesburg (a prova são os horários dos comboios constantes do guia da Union Castle Line que referi).

Terá o meu caro alguns dados que digam o contrário e sirvam de fundamento à sua afirmação? Se sim, quais são as suas fontes?
avatar
ahl

Localização : Portugal
Data de inscrição : 30/12/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1922- Madeira para Johannesburg via Capetown por Paquebot?

Mensagem por Sergioselos em Qua Mar 08 2017, 21:57

Vamos complicar mais as coisas:

Imaginemos que a primeira informação esteja equivocada e que a linha marítima não seja essa:

Em 1922 Lourenço Marques era colonia de Portugal e esse postal tenha vindo de la pela linha da Union Castle:

1910-1961 Round Africa service: London - Southampton - Gibraltar - Tangier (occasional) - Palma de Majorca (occasional) - Marseilles - Genoa/Naples - Tunis (occasional) - Suez - Port Sudan (occasional) - Aden - Mombasa - Zanzibar - Dar-es-Salaam - Beira - Lourenco Marques - Durban - East London - Port Elizabeth - Cape Town - Southampton. (and reverse).



Ficaria então assim:

1 - O BPI pode ter vindo da Lourenço Marques .
2 - O BPI entrou em Capetown por via marítima (a prova é o carimbo Paquebot e o regulamento dos correios da convenção postal internacional de 1920)
3 - O BPI pode ter circulado em 2 dias entre Capetown e Joahnnesburg (a prova são os horários dos comboios constantes do guia da Union Castle Line ).

O que provaria que isso não é possível???

Só pra finalizar, ainda NADA do que foi apresentado aqui, prova de maneira incontestável o titulo desta postagem:    

1922- Madeira para Johannesburg via Capetown por Paquebot

Só por curiosidade, leia o conteúdo do BPI... Vai te trazer mais dúvidas do que certezas quanto a origem do BPI.

_________________
Coleciono Brasil comemorativos novos, regulares usados, Portugal, Colonias de Portugal e Machins. Sempre procurando trocas pra fazer.
avatar
Sergioselos

Idade : 49
Localização : São Paulo SP
Data de inscrição : 22/03/2013

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1922- Madeira para Johannesburg via Capetown por Paquebot?

Mensagem por ahl em Qua Mar 08 2017, 22:43

Boa noite,
Caríssimo,

Na sua primeira intervenção o meu caro disse o seguinte:

Sergioselos escreveu:[...]
Aparentemente essa correspondencia saiu da Cidade do Cabo.

Eu discordei e fundamentei a discordância com fontes dos correios.

Na sua segunda intervenção o meu caro alterou a sua posição inicial e disse então o seguinte:

Sergioselos escreveu:Vamos tentar entender...

A carta foi entregue a autoridade marítima em 22/05, na cidade do cabo. [...]

Como, em 1922, uma carta entra num navio (que esta atracado, parte e atraca de novo), percorre um trajeto, de pelo menos 700 Km maritimos, mais 700 Km terrestres, no ano de 1922 em somente 2 dias?


Eu discordei e justifiquei a discordância com o regulamento dos correios, com o carimbo PAQUEBOT, etc.

Na sua terceira intervenção o meu caro alterou a sua segunda posição e disse o seguinte:

Sergioselos escreveu:Então, fica claro com isso, que existe um provável erro na data  do datador, é torna-se impossivel afirmar de onde partiu o BPI.
[...]


Eu discordei e fundamentei a discordância com os horários dos comboios, etc.

Na sua quarta intervenção o meu caro alterou a sua terceira posição e disse o seguinte (assinalo a azul o que releva para este efeito):

Sergioselos escreveu:Vamos complicar mais as coisas:

[...]
1 - O BPI pode ter vindo da Lourenço Marques .
2 - O BPI entrou em Capetown por via marítima (a prova é o carimbo Paquebot e o regulamento dos correios da convenção postal internacional de 1920)
3 - O BPI pode ter circulado em 2 dias entre Capetown e Joahnnesburg (a prova são os horários dos comboios constantes do guia da Union Castle Line ).

[...]


Ora, como acabo de verificar, na sua quarta intervenção adoptou exactamente duas das minhas três frases anteriores e, assim sendo... concluo que o meu caro concorda com dois terços das minhas afirmações.

Afirmei-o aqui:
ahl escreveu:[...]
2 - O BPI entrou em Capetown por via marítima (a prova é o carimbo Paquebot e o regulamento dos correios da convenção postal internacional de 1920)
3 - O BPI pode ter circulado em 2 dias entre Capetown e Joahnnesburg (a prova são os horários dos comboios constantes do guia da Union Castle Line que referi).

[...]

Nota
Se porventura tiver acesso aos jornais com o movimento marítimo do porto de Capetown, diga. Quiçá se confirme o que eu disse inicialmente. A saber:

ahl escreveu:[...]
Ainda assim, e admitindo a hipótese da possibilidade de alguém em viagem usar "aqui" um BPI de "ali", o melhor mesmo é tentar saber quais foram os barcos que entraram naquele porto naquela data.

A possibilidade que registo deriva do facto de qualquer pessoa poder guardar consigo um BPI e de o usar em qualquer outro momento.
avatar
ahl

Localização : Portugal
Data de inscrição : 30/12/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1922- Madeira para Johannesburg via Capetown por Paquebot?

Mensagem por Sergioselos em Qui Mar 09 2017, 07:11

Tanta volta, pra dizer, supor e afirmar a mesma coisa...

IMPOSSíVEL afirmar que o BPI tenha saído da Ilha da Madeira!!!

Na verdade eu acho isso ate pouco provável.

_________________
Coleciono Brasil comemorativos novos, regulares usados, Portugal, Colonias de Portugal e Machins. Sempre procurando trocas pra fazer.
avatar
Sergioselos

Idade : 49
Localização : São Paulo SP
Data de inscrição : 22/03/2013

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1922- Madeira para Johannesburg via Capetown por Paquebot?

Mensagem por Sergioselos em Qui Mar 09 2017, 09:27

Outra coisa interessante:

Funchal na época, era destino turístico relevante, pela influência Inglesa.
Não haviam hotéis nessa época, que vieram mais no meio do século, e a hospedagem, se fazia em casas e quintas principalmente em Funchal.

Os hotéis só apareceram nos meados do século.

Seria então possível, e até provável que o BPI tivesse partido de Funchal na Ilha da Madeira, mas o fato é que existiam Outra INUMERAS
Companhias de NAvegação MArítima a época que fazia a utilização de Funchal

Vou citar algumas:

Hamburg-Amerika Linie; Norddeutscher Lloyd; Hambur-Sudamreikanische Linie; Compagnie Maritime Belge; Compagnie Cyprien Fabre; Greek Line; KNSM – Konninkijke Nederlandsche Stoomboot Mastschappij, N.V.; Canadian Pacific Line; Lloyd Sabaudo; Gdynia-America Line; Companhia Nacional de Navegação; Royal Mail Lines; Union-Castle Line; Red Star Line; Booth Line ; Cunard Line;

Então a suposição inicial, de que este BPI fez o trajeto pela Union, é MERAMENTE uma suposição especulativa.

_________________
Coleciono Brasil comemorativos novos, regulares usados, Portugal, Colonias de Portugal e Machins. Sempre procurando trocas pra fazer.
avatar
Sergioselos

Idade : 49
Localização : São Paulo SP
Data de inscrição : 22/03/2013

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1922- Madeira para Johannesburg via Capetown por Paquebot?

Mensagem por Sergioselos em Qui Mar 09 2017, 11:12

E existe a possibilidade de BPI, ter sido postado dentro do navio, e não  na ilha da Madeira como mostra o BPI

abaixo:






_________________
Coleciono Brasil comemorativos novos, regulares usados, Portugal, Colonias de Portugal e Machins. Sempre procurando trocas pra fazer.
avatar
Sergioselos

Idade : 49
Localização : São Paulo SP
Data de inscrição : 22/03/2013

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1922- Madeira para Johannesburg via Capetown por Paquebot?

Mensagem por Sergioselos em Qui Mar 09 2017, 13:29

E pra finalizar o assunto, mais dois BPI, que com certeza, não partiram de Madeira, apesar de apresentar a mesma imagem:




_________________
Coleciono Brasil comemorativos novos, regulares usados, Portugal, Colonias de Portugal e Machins. Sempre procurando trocas pra fazer.
avatar
Sergioselos

Idade : 49
Localização : São Paulo SP
Data de inscrição : 22/03/2013

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1922- Madeira para Johannesburg via Capetown por Paquebot?

Mensagem por Julio Mantovani em Qui Mar 09 2017, 14:10

Boa noite, Caríssimo Mantovani, O facto de o BPI apresentar uma ilustração da Madeira no verso (sic) não significa em si mesmo que tenha sido enviado a partir da Madeira ou por alguém que tivesse saído da respectiva ilha há pouco tempo, embora isso seja possível e até provável. Ainda assim, e admitindo a hipótese da possibilidade de alguém em viagem usar "aqui" um BPI de "ali", o melhor mesmo é tentar saber quais foram os barcos que entraram naquele porto naquela data. A possibilidade que registo deriva do facto de qualquer pessoa poder guardar consigo um BPI e de o usar em qualquer outro momento. escreveu:


Boa tarde a todos.

Conforme o Acacio ja havia falado e conforme reiterou o Sergio, pode ser que o BPI nao tenha sua origem na Madeira (Porem ainda pode ser que sim). Mas ja que nao vem de la, de onde vem?
A tarifa para um BPI era a mesma para todos estes pontos citados anteriormente?

Nao coleciono e nem estudei tal parte da filatelia. Somente achei interessante o BPI e comprei como um souvenir de Johannesburg.

Alem disso, falei uma coisa que pode estar errada... mas tambem pode estar certa. Nada foi provado ainda.
Quanto à especulaçao, pensei em trocar o titulo do topico, mas somente vou adicionar um ponto de interrogaçao, visto que nao ha nada escrito no BPI que comprove a sua origem, como o da França, o do Congo Belga ou os que foram postados em alto mar.

Um abraço.

Julio
avatar
Julio Mantovani

Idade : 37
Localização : Lonate Pozzolo - Italia
Data de inscrição : 20/02/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1922- Madeira para Johannesburg via Capetown por Paquebot?

Mensagem por Sergioselos em Qui Mar 09 2017, 14:30

Julio Mantovani escreveu:


Boa tarde a todos.

Conforme o Acacio ja havia falado e conforme reiterou o Sergio, pode ser que o BPI nao tenha sua origem na Madeira (Porem ainda pode ser que sim). Mas ja que nao vem de la, de onde vem?
A tarifa para um BPI era a mesma para todos estes pontos citados anteriormente?

Nao coleciono e nem estudei tal parte da filatelia. Somente achei interessante o BPI e comprei como um souvenir de Johannesburg.

Alem disso, falei uma coisa que pode estar errada... mas tambem pode estar certa. Nada foi provado ainda.
Quanto à especulaçao, pensei em trocar o titulo do topico, mas somente vou adicionar um ponto de interrogaçao, visto que nao ha nada escrito no BPI que comprove a sua origem, como o da França, o do Congo Belga ou os que foram postados em alto mar.

Um abraço.

Julio


Perfeito Julio.

“Não são as respostas que movem o mundo, são as perguntas.” - Albert Einstein

_________________
Coleciono Brasil comemorativos novos, regulares usados, Portugal, Colonias de Portugal e Machins. Sempre procurando trocas pra fazer.
avatar
Sergioselos

Idade : 49
Localização : São Paulo SP
Data de inscrição : 22/03/2013

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1922- Madeira para Johannesburg via Capetown por Paquebot?

Mensagem por ahl em Qui Mar 09 2017, 15:37

Boas tardes,

Caro Sergioselos,

Nesta sua quinta intervenção o meu caro trouxe-nos uma enorme novidade, sobre hotéis da Madeira. Manifesto-lhe a minha surpresa absoluta pela sua descoberta de que não existiam hotéis na Madeira à data de circulação do BPI (1922). Acresce a sua afirmação de que a hospedagem se fazia em casas e quintas... o que, como veremos a seguir, não tem qualquer fundamento e contraria toda a informação conhecida.
Vejamos o que o meu caro disse:

Sergioselos escreveu:Outra coisa interessante:

Funchal na época, era destino turístico relevante, pela influência Inglesa.
Não haviam hotéis nessa época, que vieram mais no meio do século, e a hospedagem, se fazia em casas e quintas principalmente em Funchal.

Os hotéis só apareceram nos meados do século.

[...]

Se alguém lhe deu essa informação... deu-lhe uma informação objectivamente errada. . Bastaria olhar para a lista dos hotéis estabelecidos em 1913 no Funchal para se ter de imediato a suspeita de que a informação  não poderia corresponder à verdade.

Vejamos uma relação de hotéis do Funchal:

1895 - 15 (quinze) hotéis. A saber:
Central; Cidrão; Funchal; Santos; Jones; New Hotel Reid; Santa Clara; etc, etc.
Fonte - Annuario-Almanach Commercial [...] Portugal, 1895 ( O Annuario contém o inventário da actividade administrativa, comercial, industrial, de serviços, etc).

1913 - Reid's Palace Hotel; Reid's Carmo Hotel; Jone's Hotel; Bella Vista; Savoy Hotel; Hotel Golden Gate; etc, etc
Fonte - Brown's Madeira Canary Islands and Azores [...] (1913). (O guia Brown's Madeira é um dos guias de viagens mais conhecidos da época, com inúmeras edições relativas a viagens - entre outras as da Union Castle Line).

Poderia apresentar mais uma dúzia dúzia de inventários semelhantes, mas estes bastam para demonstrar que a sua afirmação não tem qualquer fundamento para 1922 e que está objectivamente desfasada cerca de 100 anos em relação à realidade.
..................

Na sua sexta intervenção (hoje) o meu caro disse o seguinte (e acentuo a negrito apenas o que é relevante):

Sergioselos escreveu:E existe a possibilidade de BPI, ter sido postado dentro do navio, [...]

Verifico, assim sendo, que o meu caro também resolveu adoptar mais um terço do que eu já tinha dito exactamente há dois dias atrás. Eu disse-o aqui:

ahl escreveu:[...]

O primeiro carimbo é do tipo PAQUEBOT, de CapeTown / África do Sul, indicando que o BPI deu entrada por via marítima e foi entregue dentro de um barco no alto-mar, de acordo com o estipulado no Regulamento  da Convenção da União Postal Universal de Madrid, 1920.[..]

Em tempo:
E ainda existe do ponto de vista da história postal (para além dos jornais de Capetown com os movimentos marítimos):
1 - A questão da taxa que deveria ter sido cobrada na origem
2 - A questão da taxa de porteado aplicada a correspondência estrangeira (ou não!)
3 - A questão do selo/período de circulação em causa
4 - E, last but not least, a conversão da moeda de acordo com o regulamento da UPU

Bem, aqui... quiçá apareçam novos intervenientes, com outras e novas abordagens.
avatar
ahl

Localização : Portugal
Data de inscrição : 30/12/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1922- Madeira para Johannesburg via Capetown por Paquebot?

Mensagem por Sergioselos em Qui Mar 09 2017, 16:21

Sergioselos escreveu:Outra coisa interessante:

Funchal na época, era destino turístico relevante, pela influência Inglesa.
Não haviam hotéis nessa época, que vieram mais no meio do século, e a hospedagem, se fazia em casas e quintas principalmente em Funchal.

Os hotéis só apareceram nos meados do século.

Seria então possível, e até provável que o BPI tivesse partido de Funchal na Ilha da Madeira, mas o fato é que existiam Outra INUMERAS
Companhias de NAvegação MArítima a época que fazia a utilização de Funchal

Vou citar algumas:

Hamburg-Amerika Linie; Norddeutscher Lloyd; Hambur-Sudamreikanische Linie; Compagnie Maritime Belge; Compagnie Cyprien Fabre; Greek Line; KNSM – Konninkijke Nederlandsche Stoomboot Mastschappij, N.V.; Canadian Pacific Line; Lloyd Sabaudo; Gdynia-America Line; Companhia Nacional de Navegação; Royal Mail Lines; Union-Castle Line; Red Star Line; Booth Line ; Cunard Line;

Então a suposição inicial, de que este BPI fez o trajeto pela Union, é MERAMENTE uma suposição especulativa.

Uma pequena correção me permitam, faltou um pedaço da informação:

"A Madeira, devido à influência britânica, cedo se posicionou como um dos destinos turísticos de relevo, praticamente desde os primórdios do turismo, na acepção moderna do termo, tendo sido criada uma primeira cadeia básica e mínima de transporte marítimo e de alojamento, que podemos datar em meados do século XIX.
Nesta fase inicial os turistas alojavam-se em casas particulares, sobretudo em algumas quintas, situadas na periferia do Funchal, mas não muito distantes do centro da cidade.

Na segunda metade deste século, surgiram as primeiras unidades hoteleiras, iniciadas por William Reid, o pioneiro da hotelaria madeirense. A fama do clima e da paisagem madeirense espalhou-se e, sobretudo, o Funchal soube apetrechar-se para receber turistas alojados em unidades hoteleiras. Construíram-se hotéis muito confortáveis, alguns mesmo luxuosos, rodeados de belos jardins, que eram também uma imagem de marca da Madeira"

VIDEM  BEM que a informação fala neste século, data referida quando da elaboração do texto.

_________________
Coleciono Brasil comemorativos novos, regulares usados, Portugal, Colonias de Portugal e Machins. Sempre procurando trocas pra fazer.
avatar
Sergioselos

Idade : 49
Localização : São Paulo SP
Data de inscrição : 22/03/2013

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1922- Madeira para Johannesburg via Capetown por Paquebot?

Mensagem por ahl em Qui Mar 09 2017, 16:40

Sergioselos escreveu:
Sergioselos escreveu:Outra coisa interessante:

Funchal na época, era destino turístico relevante, pela influência Inglesa.
Não haviam hotéis nessa época, que vieram mais no meio do século, e a hospedagem, se fazia em casas e quintas principalmente em Funchal.

Os hotéis só apareceram nos meados do século.

Seria então possível, e até provável que o BPI tivesse partido de Funchal na Ilha da Madeira, mas o fato é que existiam Outra INUMERAS
Companhias de NAvegação MArítima a época que fazia a utilização de Funchal

Vou citar algumas:

Hamburg-Amerika Linie; Norddeutscher Lloyd; Hambur-Sudamreikanische Linie; Compagnie Maritime Belge; Compagnie Cyprien Fabre; Greek Line; KNSM – Konninkijke Nederlandsche Stoomboot Mastschappij, N.V.; Canadian Pacific Line; Lloyd Sabaudo; Gdynia-America Line; Companhia Nacional de Navegação; Royal Mail Lines; Union-Castle Line; Red Star Line; Booth Line ; Cunard Line;

Então a suposição inicial, de que este BPI fez o trajeto pela Union, é MERAMENTE uma suposição especulativa.

Uma pequena correção me permitam, faltou um pedaço da informação:

"A Madeira, devido à influência britânica, cedo se posicionou como um dos destinos turísticos de relevo, praticamente desde os primórdios do turismo, na acepção moderna do termo, tendo sido criada uma primeira cadeia básica e mínima de transporte marítimo e de alojamento, que podemos datar em meados do século XIX.
Nesta fase inicial os turistas alojavam-se em casas particulares, sobretudo em algumas quintas, situadas na periferia do Funchal, mas não muito distantes do centro da cidade.

Na segunda metade deste século, surgiram as primeiras unidades hoteleiras, iniciadas por William Reid, o pioneiro da hotelaria madeirense. A fama do clima e da paisagem madeirense espalhou-se e, sobretudo, o Funchal soube apetrechar-se para receber turistas alojados em unidades hoteleiras. Construíram-se hotéis muito confortáveis, alguns mesmo luxuosos, rodeados de belos jardins, que eram também uma imagem de marca da Madeira"

VIDEM  BEM que a informação fala neste século, data referida quando da elaboração do texto.

Boa noite,

Caríssimo,
E qual é a data de elaboração do texto?
E quem elaborou o texto?

avatar
ahl

Localização : Portugal
Data de inscrição : 30/12/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1922- Madeira para Johannesburg via Capetown por Paquebot?

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 3 1, 2, 3  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum