BRASIL - MARINHA BRASILEIRA: NAVIO DE TRANSPORTE DE TROPAS "BARROSO PEREIRA" - 1972!!

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

BRASIL - MARINHA BRASILEIRA: NAVIO DE TRANSPORTE DE TROPAS "BARROSO PEREIRA" - 1972!!

Mensagem por Antonio C. Pulsy em Dom Set 11 2016, 16:21

Compartilho com os colegas, postkarte alemão com selo impresso, carimbo Bremen b 28 - 09/02/1972, carimbo azul "Paquebot" e carimbo roxo claro "NTR. "BARROSO PEREIRA".

                                        NTrT. BARROSO PEREIRA / BARROSÃO.

O Navio de Transporte de Tropas/NTrT. "Barroso Pereira" - G 16, foi o primeiro navio da Marinha do Brasil a ostentar esse nome em homenagem ao Capitão-de-Fragata Luís Barroso Pereira. Foi construído pelo estaleiro Ishikawajima Heavy Industries Co. Ltd., em Tóquio, Japão. Teve sua quilha batida em 13 de dezembro de 1953, foi lançado ao mar em 07 de agosto de 1954, tendo como madrinha a Sra. Josefina de Albuquerque Guillobel representada pela Sra. Vera Bastos Tigre, esposa do Encarregado dos Negócios do Brasil em Tóquio. Foi entregue a Marinha do Brasil em 01º de dezembro de 1954 e naquela ocasião, assumiu o comando o Capitão-de-Mar-e-Guerra Ívano da Silva Guimarães. Foi submetido a Mostra de Armamento e Incorporado à Armada em 22 de março de 1955 em cumprimento ao Aviso Ministerial n.º 062 de 07 de janeiro de 1955. O navio zarpou de Tóquio (Japão) em fevereiro, chegando a Belém-PA no dia 16 de março. Veio guarnecido por tripulação japonesa integrada pelo Comandante Kondo Jiro, nove oficiais e mais 37 homens, além do engenheiro Ishizuka Jinzo. Nesta viagem de vinda para o Brasil transportou 1.600 t de peças sobressalentes para os navios de transporte encomendados e outras 12 embarcações de desembarque, pertencentes ao segundo lote de Embarcações de Desembarque de Pessoal (EDVPs) também adquiridas no Japão, junto com os navios dessa classe. Essas EDVPs foram as primeiras de nossa Marinha, que anos mais tarde, recebeu unidades adicionais, já construídas no Brasil. Da guarnição japonesa, permaneceram a bordo depois da incorporação do navio à Armada, por prazos diferentes, 04 tripulantes japoneses (engenheiro Ishizuka Jinzo, 1º maquinista, rádiotécnico e o encarregado da lavanderia). Em 09 de abril de 1955, chegou ao Rio de Janeiro. Logo após sua chegada ao Brasil foi incorporado a Força de Transporte. Após longa e extensa ficha de serviços prestados a Marinha Brasileira, deu baixa do Serviço Ativo da Armada em 03 de abril de 1995, sendo submetido a Mostra de Desarmamento em cumprimento a Portaria Ministerial n.º 150 de 24 de fevereiro de 1995. Durante seus quarenta anos de serviço atingiu as marcas de 888.370 milhas navegadas  e 3.420 dias de mar.
                                                      C a r a c t e r í s t i c a s.

Batimento de Quilha: 13 de dezembro de 1953.
Lançamento: 07 de agosto de 1954.
Incorporação: 22 de março de 1955.
Baixa: 03 de abril de 1995.
Deslocamento: 2.739 tons (liquidas), 5.480 tons (bruto), 5.820 tons (leve), 9.464 tons (carregado).
Dimensões: 119,42 m de comprimento, 110,34 m de comprimento entre perpendiculares, 16,00 m de boca, 8,53 m de pontal, 3,02 m de calado minimo, 3,26 m de calado médio (transporte de tropas) e 6,25 m de calado máximo.
Combustível: 861 toneladas de óleo dísel.
Velocidade: máxima de 17 nós, velocidade máxima mantida de 15 nós e cruzeiro de 13,5 nós.
Raio de Ação: 8.000 milhas à 13,5 nós ou 7.600 à 15 nós.
Armamento: 02 canhões de 3 pol. (76,2 mm/50) Mk 22 em dois reparos singelos a ré, 4 metralhadoras Oerlikon Mk 4 de 20 mm em quatro reparos singelos, dois a vante e dois a meio navio no convés 02.
Capacidade de Carga e Equipamentos: até 4.000 toneladas de carga, e 425 m3 de carga frigorífica, em cinco porões estanques, sendo os de numero 2, 3, 4 e 5 conversiveis para carga ou tropa (até 1.800 homens), capacidade para receber pequenos helicópteros ou carga helitransportada na popa. Ar condicionado e ventilação mecânica em todos os compartimentos habitáveis e de trabalho. Instalações completas para o transporte de tropas com sanitários, cozinha, etc., gabinetes médico, odontológicos e enfermaria. Era equipado com sete câmaras frigoríficas para mantimentos e dois paióis de munição, sem ventilação, com rede de borrifo e isolamento térmico, situados no convés principal. Quatro paus de carga instalados em dois mastros (1x1 e 1x3).
Código Internacional de Chamada: PWGH
Tripulação: 160 homens, sendo 13 oficiais e 147 praças.
Tropa Transportada: 497 homens ou 1.972 por curtos períodos.


        POSTKARTE POSTADO NA ALEMANHA, CARIMBO BREMEN B 28 - 09/02/1972.


          CARIMBO NAVIO NTrT. "BARROSO PEREIRA".


BRASÃO NAVIO NTrT. "BARROSO PEREIRA".


                BANDEIRAS NTrT. "BARROSO PEREIRA".


                                      NTrT. "BARROSO PEREIRA" NAVEGANDO.


                                     NTrT. "BARROSO PEREIRA" NO RIO DE JANEIRO.


           NTrT. "BARROSO PEREIRA" ATRACADO EM SANTOS.
avatar
Antonio C. Pulsy

Idade : 61
Localização : Canoas/RS.
Data de inscrição : 24/04/2014

http://antonio.pulsy@bol.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: BRASIL - MARINHA BRASILEIRA: NAVIO DE TRANSPORTE DE TROPAS "BARROSO PEREIRA" - 1972!!

Mensagem por Celso Luiz de Moura em Dom Set 11 2016, 17:13

Espetáculo de pesquisa e informações!
avatar
Celso Luiz de Moura

Idade : 52
Localização : Nova Mutum (MT) - Brasil
Data de inscrição : 15/03/2015

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum