Hiperinflação no Brasil.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Hiperinflação no Brasil.

Mensagem por odilo em Seg Maio 25 2015, 10:00

Olá amigos e amigas,
No Brasil também teve hiperinflação?
Com a carta social que o Antonio mostrou eu cai nesta de querer saber como foi realmente a inflação durante o período anterior.
Afinal, estávamos como o sapo dentro de uma panela no fogo e sentíamos que tinha inflação, mas no fim a coisa piorou.
Penso que uma coleção de cartas com o porte simples deste período poderia ser uma bela demonstração do que foi a inflação em 30 anos.
Vejam esta observação feita na época:
"Aqui jaz a moeda que acumulou, de julho de 1965 a junho de 1994, uma inflação de 1,1 quatrilhão por cento. Sim, inflação de 16 dígitos, em três décadas. Ou precisamente, um IGP-DI de 1.142.332.741.811.850%. Dá para decorar? Perdemos a noção disso porque realizamos quatro reformas monetárias no período e em cada uma delas deletamos três dígitos da moeda nacional. Um descarte de 12 dígitos no período. Caso único no mundo, desde a hiperinflação alemã dos anos 1920. — Joelmir Beting ".

Abraço.

_________________
Coleciono países: Brasil, Alemanha (tudo), Suíça, Argentina, Portugal e USA. Série: Machins . Continuo juntando material para uma coleção sobre meios de transportes. Recente: Um país um selo. Futuro: Recortes de história postal. Reino dos Sérvios, Croatas e Slavos (1918-1929).
avatar
odilo

Idade : 75
Localização : Florianópolis
Data de inscrição : 20/02/2008

https://sites.google.com/site/procurandoselo/home

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Hiperinflação no Brasil.

Mensagem por Marcio-98 em Ter Maio 26 2015, 18:48

Olá Odilio, curiosamente um colega aqui de SP tem uma coleção muito interessante sobre cartas sociais. E conversando com ele, ele faz também uma coleção sobre a hiperinflação na Alemanha (1918-1923).
avatar
Marcio-98

Localização : São Paulo - Brasil
Data de inscrição : 02/12/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Hiperinflação no Brasil.

Mensagem por Antonio C. Pulsy em Ter Maio 26 2015, 20:01

Prezados,
esta "coleção" são envelopes circulados de vários anos e é um esboço de algo que tinha em mente fazer para mostrar as novas gerações que nosso país convive com inflação e hiperinflação constantemente, até tinha esquecido dela, pois como manifestei, a mesma estava lá há mais de 25 anos. Terei de "garimpar" os portes da época para carta social, pois os envelopes são com esta caraterística, uma vez que todas as pessoas físicas que sabiam deste porte "atrativo e barato",enviavam suas correspondências por este meio, ou seja, dê-lhe "Carta Social" para lá e para cá!!! Façam um pequeno cálculo: porte carta comum R$ 0,12 com este valor podíamos enviar 12 "Carta Social" para qualquer canto do país tendo os mesmos privilégios da carta comum, muito mais cara por sinal!!
avatar
Antonio C. Pulsy

Idade : 61
Localização : Canoas/RS.
Data de inscrição : 24/04/2014

http://antonio.pulsy@bol.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Hiperinflação no Brasil.

Mensagem por Marcos Ribeiro em Seg Jun 01 2015, 23:06

Caro Odilo

Depende do que os economistas consideram como hiperinflação no que diz respeito ao tamanho do período em que este fenômeno ocorre. Na Alemanha os preços aumentavam por hora, mais ou menos o que ocorreu na Hungria no final da 2ª Guerra. Como você bem citou Joelmir Beting, no nosso caso foi no transcurso de 30 anos. Todavia, me lembro do termo "hiperinflação" ser usado aqui no Brasil quando a inflação chegou aos 4 dígitos em uma ano, durante o antes e o depois do Plano Cruzado e do Plano Collor. Com a palavra, os economistas.
avatar
Marcos Ribeiro

Idade : 55
Localização : Maricá-RJ - Brasil
Data de inscrição : 06/11/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Hiperinflação no Brasil.

Mensagem por FRITZEN em Ter Jun 02 2015, 09:38

Tivemos hiperinflação sim ... mas nada como a de outros países ... me lembro de estar na Bolivia na década de 1980, quando em um restaurante tínhamos que pedir a comida e já pagar, pois se esperássemos o final da refeição o preço já tinha subido ...

ainda faltam estudos filatélicos adequados a essa época
avatar
FRITZEN

Localização : florianópolis
Data de inscrição : 24/08/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Hiperinflação no Brasil.

Mensagem por Antonio C. Pulsy em Qui Jun 04 2015, 16:52

Prezados,
para exemplificar a hiperinflação no Brasil, algumas imagens de envelopes circulados no período de 1992 a 1993, sendo Carta Simples e Carta Social.

a) Reforma Monetária - Medida Provisória nº 168 de 15/03/1990, instituindo novamente o Cruzeiro como moeda nacional, paridade um por um. Transformada em Lei nº 8024 de 12/04/1990.
                  Ncz$ 1,00 = Cr$ 1,00
** Ncz$ = Novo Cruzado.

b) Reforma Monetária - Medida Provisória nº 336 de 28/07/1993, instituindo o Cruzeiro Real que entrou em vigência em 01/08/1993. Transformada em Lei nº 8697 de 27/08/1993.
                     Cr$ 1.000,00 = CR$ 1,00.
** Cruzeiro Real.

c) Criação da Carta Social - Portaria nº 77 de 29 de dezembro de 1992. Vigência: a partir de 1993.
Art 12 - Criar a Carta Social, Objeto de correspondência
com as seguintes características:
I - limite máximo de peso igual a 10 gramas:
II - contendo apenas mensagem originada e postada por pessoa física;
III Postagem e entrega restrita ao âmbito nacional;
IV - franqueada por meio de selo postal adesivo ou estampa
de máquina de franquear.
Art 22 - A ECT dispensará à Carta Social, em todas as fases, tratamento idêntico ao de Carta Simples.
Art. 32 - O valor do porte de Carta Social não poderá ultrapassar a 70% do valor da Carta Simples.

1) Envelope porte simples para pessoa física, carimbo Campus da UFRGS - Porto Alegre-RS - 24/05/1993, total porte: Cr$ 10.020,00.


ENVELOPE CIRCULADO EM 24/05/1993.

1a) Envelope porte simples para pessoa física, carimbo Alberto Pasqualini - Lajeado-RS - 25/04/1994, total porte: Cr$ 144.000,00.


ENVELOPE CIRCULADO EM 25/04/1994.

** Percentual de inflação no período de 11 meses = 1.437,13%.

2) Envelope "Carta Social", carimbo Caxias do Sul - RS - 11/08/1993, total porte: Cr$ 3.500,00.


ENVELOPE CIRCULADO EM 11/08/1993.

2a) Envelope "Carta Social", carimbo Ag. Filatélica D. Pedro II - S.P-S.P. - 23/05/1994, total porte: Cr$ 20.030,00.


ENVELOPE CIRCULADO EM 23/05/1994.

** Percentual de inflação no período de 09 meses = 572,29%.

Aguardo comentários, pois dados dos valores das tarifas dos Correios, período de 1993 a 1995, ainda não as consegui para melhor ilustrar o artigo, como este apresentado e como tenho centenas de envelopes circulados deste período de transição nacional, quanto mais dados eu tiver, melhor será a explicação apresentando, também, os envelopes circulados desta época.
avatar
Antonio C. Pulsy

Idade : 61
Localização : Canoas/RS.
Data de inscrição : 24/04/2014

http://antonio.pulsy@bol.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Hiperinflação no Brasil.

Mensagem por Antonio C. Pulsy em Sex Jun 05 2015, 18:33

Prezados,
com relação a este tema "Hiperinflação no Brasil", concordo com o colega Fritzen, houve sim e com percentuais astronômicos. Vejam o exemplo abaixo que acredito ter havido alguma regra/lei/portaria baixada pelo Governo Federal para evitar o tamanho deste índice inflacionário em apenas 12 meses como comprovam os carimbos datadores nas "Carta Social"!!!

A) Envelope "Carta Social" circulado para pessoa física Porto Alegre/Canoas-RS, carimbo ACF Oscar Pereira - Porto Alegre - 22/Abril/1993 e carimbo "DH" (Depois da Hora), porte Cr$ 1.220,00 (Hum mil, duzentos e vinte e dois Cruzeiros), pela Reforma Monetária, Medida Provisória nº 336 de 28/Julho/1993: Cr$ 1.000,00 = CR$ 1,00 (Hum Mil Cruzeiros = Hum Cruzeiro Real), portanto o porte ficaria sendo = CR$ 1,22 (Hum Cruzeiro Real e Vinte e Dois Centavos).


ITEM A.

B) Envelope "Carta Social" circulado para pessoa física Marquês de Itú-SP/Canoas-RS, carimbo Marquês de Itú - SP - 22/Abril/1994, porte Cr$ 40.000,00 (Quarenta Mil Cruzeiros), pela Reforma Monetária, Medida Provisória nº 336 de 28/Julho/1993: Cr$ 1.000,00 = CR$ 1,00 (Hum Mil Cruzeiros = Hum Cruzeiro Real), portanto o porte ficaria sendo = CR$ 40,00 (Quarenta Cruzeiros Reais).


ITEM B.

INFLAÇÃO NO PERÍODO DE 12 MESES TENDO POR BASE OS PORTES NOS DOIS ENVELOPES. = 3.278,69%.

Será que os cálculos estão corretos e foi isso que aconteceu???
Tenho lá minhas dúvidas, mas aguardo um parecer dos colegas com relação as minhas postagens sobre este tema tão "envolvente"!!!
avatar
Antonio C. Pulsy

Idade : 61
Localização : Canoas/RS.
Data de inscrição : 24/04/2014

http://antonio.pulsy@bol.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Hiperinflação no Brasil.

Mensagem por J.RODRIGUES em Dom Jun 07 2015, 12:03

Marcos Ribeiro escreveu:Caro Odilo

Depende do que os economistas consideram como hiperinflação no que diz respeito ao tamanho do período em que este fenômeno ocorre. Na Alemanha os preços aumentavam por hora, mais ou menos o que ocorreu na Hungria no final da 2ª Guerra. Como você bem citou Joelmir Beting, no nosso caso foi no transcurso de 30 anos. Todavia, me lembro do termo "hiperinflação" ser usado aqui no Brasil quando a inflação chegou aos 4 dígitos em uma ano, durante o antes e o depois do Plano Cruzado e do Plano Collor. Com a palavra, os economistas.

Olá Marcos, aqui também era em período de horas, lembro que um dia fui ao supermercado (o ano agora não lembro) e os displays com aparelhos de barba, laminas, pilhas,tinham exposição à frente dos caixas, ao entrar no supermercado estava para pegar certo aparelhos de barbear e pensei em deixar para comprar por ultimo, já que ficava logo ao sair, ...não levei uns 30 minutos, entrei na fila para pagamento e ainda iria pegar quando passasse no caixa o tal aparelho, mas chegou um repositor com um carrinho e foi tirando tudo dos caixas para remarcar, e ainda supervisionando o fato um fiscal junto, para que ninguém pudesse pegar o que já estava naquele carrinho, o que se fazia era correr aos caixas subsequentes e tentar pegar, mas as vezes a confusão era tanta e filas enormes e não havia jeito, e isso era para todos os produtos, a confusão se estabelecia mais ainda, quando aquilo que estava no seu carrinho já tinha mudado de preço no espaço de tempo que você estava no supermercado, tipo verduras.....  as moças tinham uma lista a frente de caixa e consultavam preço, essa lista era substituída rapidamente e não dava nem tempo, lógico que as vezes eram centavos, mas os tais centavos eram monstros devoradores do nosso dinheiro, foi um período difícil que lembro bem e nossa inflação sempre existiu de fato, naquela época galopante.......... abraço..J.RODRIGUES lol!

J.RODRIGUES

Idade : 66
Localização : SANTOS
Data de inscrição : 25/07/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Hiperinflação no Brasil.

Mensagem por J.RODRIGUES em Dom Jun 07 2015, 12:50

Antonio C. Pulsy escreveu:Prezados,
com relação a este tema "Hiperinflação no Brasil", concordo com o colega Fritzen, houve sim e com percentuais astronômicos. Vejam o exemplo abaixo que acredito ter havido alguma regra/lei/portaria baixada pelo Governo Federal para evitar o tamanho deste índice inflacionário em apenas 12 meses como comprovam os carimbos datadores nas "Carta Social"!!!

A) Envelope "Carta Social" circulado para pessoa física Porto Alegre/Canoas-RS, carimbo ACF Oscar Pereira - Porto Alegre - 22/Abril/1993 e carimbo "DH" (Depois da Hora), porte Cr$ 1.220,00 (Hum mil, duzentos e vinte e dois Cruzeiros), pela Reforma Monetária, Medida Provisória nº 336 de 28/Julho/1993: Cr$ 1.000,00 = CR$ 1,00 (Hum Mil Cruzeiros = Hum Cruzeiro Real), portanto o porte ficaria sendo = CR$ 1,22 (Hum Cruzeiro Real e Vinte e Dois Centavos).


ITEM A.

B) Envelope "Carta Social" circulado para pessoa física Marquês de Itú-SP/Canoas-RS, carimbo Marquês de Itú - SP - 22/Abril/1994, porte Cr$ 40.000,00 (Quarenta Mil Cruzeiros), pela Reforma Monetária, Medida Provisória nº 336 de 28/Julho/1993: Cr$ 1.000,00 = CR$ 1,00 (Hum Mil Cruzeiros = Hum Cruzeiro Real), portanto o porte ficaria sendo = CR$ 40,00 (Quarenta Cruzeiros Reais).


ITEM B.

INFLAÇÃO NO PERÍODO DE 12 MESES TENDO POR BASE OS PORTES NOS DOIS ENVELOPES. = 3.278,69%.

Será que os cálculos estão corretos e foi isso que aconteceu???
Tenho lá minhas dúvidas, mas aguardo um parecer dos colegas com relação as minhas postagens sobre este tema tão "envolvente"!!!

Olá Pulsy, no exemplo do seu envelopa A) não é 1,22 ....e sim 0,12 .. e no exemplo do envelope B) equivale à 0,17 (pois vale lembrar que nós tínhamos que usar à tabelinha de conversão (eu tinha uma guardada/vou ver se encontro) era uma matemática e tanto, e talvez o amigo e Odilio lembrem, abraço

J.RODRIGUES

Idade : 66
Localização : SANTOS
Data de inscrição : 25/07/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Hiperinflação no Brasil.

Mensagem por Psique10 em Dom Jun 07 2015, 14:05

Farei como os colegas, a título de curiosidade juntarei um envelope circulado de cada ano. Vai ser demorado, mas vai valer a pena.
avatar
Psique10

Idade : 51
Localização : Ribeirão Claro - Paraná
Data de inscrição : 20/02/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Hiperinflação no Brasil.

Mensagem por Antonio C. Pulsy em Qua Jun 10 2015, 18:15

Prezados,
esta parte da filatelia nacional existe um enorme "buraco negro", apesar de ser um período até certo ponto curto, porem não há documentos a disposição ou se há, estão muito bem escondidos. Solicitei aos Correios via Ouvidoria as tabelas de preços dos Correios de 1992 até 1995, porém ainda não recebi resposta. Tenho centenas de envelopes deste período, porem fico receoso até de fazer algum comentário, pois não tenho informações dos portes, e a tal "tabelinha de conversão", até lembro alguma coisa disso, porem, ter "luzes" que iluminam nosso caminho para escrever coisas sensatas deste período, só com documentos oficiais em mãos!!!!
avatar
Antonio C. Pulsy

Idade : 61
Localização : Canoas/RS.
Data de inscrição : 24/04/2014

http://antonio.pulsy@bol.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Hiperinflação no Brasil.

Mensagem por J.RODRIGUES em Sex Jun 12 2015, 02:05

Olá Pulsy, a conta é mais ou menos essa...como dessa ultima carta que mostra,a mesma tem
05 selos de Cr$ 8.000,00...cortamos os três ultimos zeros....ficamos com 8,00 x 5 = 40,00
todavia a URV era de Cr$2.750........pegamos os 40,00 e dividimos por Cr$2.750 = 0,014
ou seja 1 centavo Cr$0,01
Abraço
J.Rodrigues

J.RODRIGUES

Idade : 66
Localização : SANTOS
Data de inscrição : 25/07/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Hiperinflação no Brasil.

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum