Dicionário Filatélico II

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Dicionário Filatélico II

Mensagem por Glauber em Sab Jun 13, 2009 3:22 pm

Continuação...


LETRA M:

Mancolista - Lista de selos que faltam para completar a sua coleção.

Militar, Correio - Selo emitido para uso exclusivo de militares.

Militar, Selo - Selos de uso exclusivo militar

Micrômetro - Serve para medir a espessura do papel.

MINT - É o nome da Casa da Moeda dos Estados Unidos.

MINT - Quando se tratar do estado do selo, significa que o selo esta com a goma plena. Nunca foi usado com charneira. Outros termos para MINT, apesar de reduntantes :  selos "Mint NH" ou "MNH". Ao dizer MINT você já está dizendo NH como aquela condição em que estava quando foi comprado no correio. Mesmo que seja tecnicamente incorreto, MNH ainda é um termo usado comumente e significa: Mean never hinged ou Mint never hinged.

Marca Postal - Marca usada pelos correios para assinalar na correspondência uma operação postal

Marcofilia - Coleção e estudo das marcas de correio.

Margem - É o espaço por imprimir em volta do desenho de um selo.

Material - Conjunto de documentos postais e filatélicos (isto é, que preenchem essas duas características) utilizáveis para constituir uma coleção.

Material Filatélico - Todos os documentos postais emitidos para transporte de correio ou outros envios postais

Material Postal - Todos os documentos emitidos pelas administrações postais ou sob o seu controlo destinados a satisfazer as necessidades daquelas, qualquer que seja a sua natureza. Tanto engloba materiais utilizados na circulação do correio (selos, carimbos, etc.) como de outro tipo (informações sobre a sua atividade, publicidade, explicação de emissões de selos, etc.)

Mecanofilia - Estudo e colecionamento das franquias mecânicas, bem como dos selos de máquina.

Milésima - Número indicando o ano em que um selo foi emitido ou impresso e que pode fazer parte da própria gravura do selo ou estar impressa na margem da folha.


LETRA N:

Nuança - Sutil variação de uma cor no selo, que pode valorizá-lo.

Não emitido - Selos que depois de confeccionados não foram emitidos.

Novidade - Diz-se dos selos recentemente postos em circulação pelos respectivos países emissores.


LETRA O:

Odontômetro - Aparelho que serve para medir o denteado ou picotagem dos selos.


Olímpicos - Selos postos em circulação para comemorar as olimpíadas, ou seja, diz-se dos selos temáticos a esse evento.

Ordinário - Selo não comemorativo. O mesmo que 'regular'. Tiragem ilimitada.


Obliteração - Marca postal, ou seja, carimbo. É a "carimbada", colocada sobre um selo, carta, IP etc. propriamente dita.


Óxido - Manchas que aparecem nos selos com tempo, por causa da umidade. É o que chamamos vulgarmente de "ferrugem".


LETRA P:

Promocional - Selo não comemorativo que divulga campanhas ou fatos.

Par - Conjunto de dois selos.

Picotado - O mesmo que denteado.

Pinça - Peça utilizada para pegar selos, pode ser de plástico ou metal leve, se encontra em vários tamanhos.

Pagelas - Folhas impressas, numeradas, com reprodução e dados técnicos dos selos emitidos pelo Correio de Portugal As pagelas foram adotadas a partir de 4 de Setembro de 1958.

Papel Acetinado - Papel  Papel calandrado macio e com pouco brilho

Papel Avergoado - Papel que apresenta à transparência soluções de continuidade na pasta, em forma de linhas. Estas podem ser horizontais ou verticais, ou formar losangos ou quadrados.

Papel com Fios de Seda - Papel na pasta do qual se misturaram pequenos pedaços de fios de seda.

Papel Costelado - Papel que apresenta uma superfície ondulada resultante de durante o fabrico passar entre cilindros com canelado

Papel Couché - Papel de superfície macia e brilhante, brilho de pérola, resultante de ser preparado com uma camada de gesso. Este papel risca-se facilmente e quando lavado perde a sua boa aparência. Filatelicamente, é costume, entre nós, de o designar por papel porcelana.

Papel Esmalte - Papel com uma superfície acetinada e brilhante

Papel Estriado - Papel avergoado.

Papel Liso - Papel que apresenta uma massa de composição uniforme e que observado contra a luz não mostra manchas claras ou escuras.

Papel Lustrado - Papel calandrado brilhante, menos que o papel esmalte

Papel Marmorizado - Papel do final da bobina que apresenta uma espécie de defeito que o torna todo lanhado como o mármore
                       
Papel Pontinhado em Losangos - É uma variedade do papel liso. Quando visto à transparência apresenta uma espécie de tecido composto de pequenos losangos.

Papel Porcelana - Papel Couché

Papel Tintado - Papel que recebe uma tinta de fundo na cor do selo bem enfraquecida, antes da impressão do mesmo

Papel Vergé - Papel Avergoado

Par - Conjunto de dois selos não destacados um do outro.

Peça Filatélica - Nome dado a qualquer material filatélico.

Perfin - PERForated INitials: selos perfurados por empresas particulares ou por serviços Oficiais do Estado, geralmente apresentando as iniciais das empresas. Podem apresentar outras figuras também.


Período de Validade - Espaço de tempo em que um selo, série de selos, bloco, etc. , é considerado válido para franqueamento de correspondência.

Picotado - Denteado.

Postal-Máximo - Peça filatélica constituída por um bilhete postal ilustrado com um motivo relacionado com o desenho do selo e a marca postal que o inutiliza



Pré-Adesivo - Período situado antes do aparecimento do selo postal, isto é, antes de 1840.

Pré-Obliterados - Selos vendidos já com uma marca postal de inutilização para serem usados por grandes empresas no seu correio.

Proof - É o mesmo que "prova" (ver abaixo).

Prova - Escolhido o desenho de um selo e feita a gravura, para a escolha do papel e cor a empregar tiram-se o que se chamam provas.


Prova de Artista - É o desenho do selo feito pelo desenhador, impresso e já em gravura definitiva da qual se tiraram várias provas geralmente em cor negra. As provas de artista podem ser assinadas pelos seus autores tendo uma valorização considerável.

Prova de Chapa - Prova impressa, tal como os selos, em blocos de mais de um exemplar, podendo ser de cor, papel ou denteado

Prova de Cor - Experimentação realizada antes da impressão definitiva do selo, visando testes e escolher a cor mais apropriada.

Prova de Cunho - Prova efetuada antes da reprodução da chapa.

Prova de Denteado - Prova para escolha de denteado.

Prova de Gravador - Prova mostrando o processo evolutivo do trabalho do gravador, e produzidas por sua iniciativa

Prova de Luxo - Provas feitas com o fim de serem oficialmente oferecidas.
É o exemplar de selo, bloco ou mesmo folhinha, tirado em papel diferente, geralmente de melhor qualidade do que o utilizado para a emissão normal.

Prova de papel - Prova para escolha de papeis.

Prova de Prelo - São assim chamadas as primeiras folhas impressas de um selo, tiradas em papel definitivo ou não, destinadas a ajustar a máquina e a perfeita distribuição da tinta.

Provisório - Selo emitido para ter curso por um curto período para ocorrer a uma falta ocasional dos selos em curso.


LETRA Q:

Quadra - conjunto de quatro selos.



LETRA R:

Reparação - Selos que sofre algumas reparações para serem melhorados.

Roteiro - Descrição detalhado sobre o tema de selos escolhidos para a coleção.

Reimpressão - Tiragem feita com a chapa original de selos que não estão em curso. Também é costume chamar reimpressões, às tiragens feitas oficialmente com chapas novas.


LETRA S:

Série - Conjunto de um ou mais selos, com o mesmo tema.

Sem dentear - Selos que não foram denteados.



Sextilha - Conjunto de seis selos.

Selo Adesivo - Selo postal adesivo, por vezes assim chamado para o distinguir do selo impresso numa peça postal, sobrescrito, postal, aerograma, etc.

Selo de Beneficência - Selo emitido sem poder de franquia e cujo uso é obrigatório em determinados dias, destinando-se o seu produto a obras de beneficência.

Selo Comemorativo - Comemorativo

Selo Fiscal-Postal - Alguns selos fiscais tiveram uso postal servindo para franquear correspondência.

Selo Local - Selo emitido numa cidade ou território e destinado unicamente a servir na correspondência trocada dentro dos seus limites.

Selo Novo - Selo que não foi usado postalmente, conservando-se no estado em que foi emitido.

Selo Oficial - Selo emitido para uso de entidades oficiais

Selo Personalizado - Selo criado em 2000 pelos Correios do Brasil. Consta de duas partes. No lado esquerdo temos um selo normal e no lado direito uma vinheta com a imagem ou dizeres da homenagem pretendida.
   
Selo Telefone - Selo utilizado para pagar uma chamada telefônica nos postos de correio.

Selo Usado - Selo que cumpriu a sua missão e que foi anulado pelos correios por meio de marca Selo emitido para uso de entidades oficiais

Se-Tenant - Expressão francesa significando «O que não se separa». É referido filatelicamente como o conjunto de dois ou mais selos, denteados ou não, nos quais o desenho encontra continuidade um no outro Desse modo, eles não devem ser separados, tratando de tê-los para colecionamento



Sobrecarga - Inscrição impressa num selo e que tem por fim dar-lhe um destino diferente daquele que deveria desempenhar, ou torná-lo utilizável em data diferente da prevista.

Sobrescrito de 1º Dia - Sobrescrito com impressão alusiva a uma emissão no qual se encontram afixados os selos correspondentes obliterados com um carimbo comemorativo do primeiro dia de emissão.

Sobretaxa - Valor impresso num selo alterando-lhe o seu primeiro valor facial deveria desempenhar, ou torná-lo utilizável em data diferente da prevista.

Specimen - Sobrescrito com impressão alusiva a uma emissão no qual se encontram afixados os selos Espécime correspondentes obliterados com um carimbo comemorativo do primeiro dia de emissão.


LETRA T:

TAB - Em português, significa "tarja". Os TABs são muito utilizados por Israel. É uma belíssima tradição israelense.

(Parte inferior do selo)

Temática - Assunto ou tema escolhido para sua coleção. UPU - União Postal Universal.

Textura do Papel - Se a rede onde é depositada a pasta for uniformemente entrelaçada, então não deixa marcas e obstem-se um papel "não texturado". Se, pelo contrário, é constituída por fios regularmente dispostos, o desenho formado por estes transmite-se à pasta, ficando o papel "texturado". Do mesmo modo passam à pasta as configurações de peças que se incorporem na rede, conseguindo-se assim o papel filigranado.

Tipografia - Processo de impressão. O desenho é gravado num cunho onde fica em relevo. Na superfície deste último deposita-se a tinta que é transmitida ao papel.

Tira - Conjunto, horizontal ou vertical, de selos não destacados. Ao conjunto horizontal chama-se banda.

Tira de montagem - Sistema de montagem de selos no álbum sem charneira

Tiragem - Número de exemplares emitidos durante o período em que um selos está em circulação.

Talhe Doce - Processo de impressão. O desenho é gravado em traços cabados nos quais se entranha a tinta, que é depois absorvida pelo papel umedecido. alor impresso num selo alterando-lhe o seu primeiro valor facial

Tarja Fosforescente - Barra de fósforo aplicada num selo para facilitar o manuseamento mecânico das correspondências Espécime

Tête-beche - Par de selos em que as gravuras estão invertidas, uma relação à outra. Pode ser vertical ou horizontal. Processo de impressão. O desenho é gravado em traços cabados nos quais se entranha a tinta, que é depois absorvida pelo papel umedecido.


LETRA U:

Urgente - Selo com franquia superior. Serve para que a carta seja entregue com urgência.


LETRA V:

Valor Facial - Valor de franquia que aparece impresso no selo.

Valor Omitido - Alguns selos são impressos em duas operações. Numa imprime-se o desenho e noutro o valor. Pode acontecer que uma folha deixe de receber a impressão do valor, passando os selos que a constituem a ser erros.

Variedade - Selo que apresenta alguma diferença em relação ao selo que se considera tipo. As variedades podem consistir em diferenças de tonalidade da cor, diferenças de denteado ou papéis sem diferença na gravura, etc. Uma variedade pode ser constante (quando se encontra na mesma posição em todas as folhas), não constante ou semi-constante (quando se encontra apenas em algumas folhas)

Vinheta - Selo, sem poder de franquia postal, emitido por uma entidade, oficial ou particular, com o fim de angariar fundos ou como instrumento publicitário. Quando se emitem para fins filatélicos, como seja, publicidade de exposições filatélicas, chamam-se vinhetas filatélicas.


LETRA W:

Sem registros.


LETRA X:

Xifópagos - Selos reunidos em pares de valores diferentes.


LETRA Y:

Sem registros.


LETRA Z:

Zeppelin - Nome dado antigamente ao transporte postal aéreo.


Fonte de Pesquisa: www.filatelia.com.br


Última edição por Glauber em Qui Nov 30, 2017 10:54 pm, editado 2 vez(es)

_________________
Glauber Motta
Coleciono selos 'mint': Brasil; e dos temas: Circo, Desertificação,
Felinos do Continente Americano, Mercosul e América-UPAEP (emissões conjuntas) etc.;
Selos 'usados' de séries básicas.
avatar
Glauber

Idade : 42
Localização : Valente - BA - Brasil
Data de inscrição : 20/02/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dicionário Filatélico II

Mensagem por zillion em Seg Dez 12, 2016 6:00 pm

Ajudou bastante. Obrigado! cheers
avatar
zillion

Idade : 41
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 03/12/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum