Casas filatélicas em São Paulo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Casas filatélicas em São Paulo

Mensagem por pvcfernandes em Sab Maio 11 2013, 11:16

Psique10 escreveu:
Fernandes, la tem Minha família é de Ocauçu-SP pra cima de Ourinhos, fica perto de
Marília... Se alguém conhece, sou um Casagrande de lá..rs é próximo a
vcs....

Fernandes lá tem alguma casa, feira ou clube filatélico?

Eu desconheço, minha família é de lá, mas eu cresci no ABC...

JOSE RENATO escreveu:Na filatelia brasileira não tem santo!!!!!!

Tem sim, nas estampas...rs tirando os religiosos ainda boa parte dos selos nacionais são de "santinhos"...rs Laughing

[]´s

_________________
-Mancolista comemorativos até 1960
-Mancolista blocos
avatar
pvcfernandes

Idade : 43
Localização : Indaiatuba - SP
Data de inscrição : 12/11/2011

https://www.sites.google.com/site/pvcfernandes

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casas filatélicas em São Paulo

Mensagem por Psique10 em Sab Maio 11 2013, 11:40

kkkkkkkkkkk Razz
avatar
Psique10

Idade : 50
Localização : Ribeirão Claro - Paraná
Data de inscrição : 20/02/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casas filatélicas em São Paulo

Mensagem por JOSE RENATO em Sab Maio 11 2013, 12:09

pvcfernandes escreveu:
Psique10 escreveu:
Fernandes, la tem Minha família é de Ocauçu-SP pra cima de Ourinhos, fica perto de
Marília... Se alguém conhece, sou um Casagrande de lá..rs é próximo a
vcs....

Fernandes lá tem alguma casa, feira ou clube filatélico?

Eu desconheço, minha família é de lá, mas eu cresci no ABC...

JOSE RENATO escreveu:Na filatelia brasileira não tem santo!!!!!!

Tem sim, nas estampas...rs tirando os religiosos ainda boa parte dos selos nacionais são de "santinhos"...rs Laughing

[]´s

Só esses santos mesmo... kkkkkkkkkkkkkkk

_________________
José Renato
Ouro Preto - MG

Coleciono: BRAZIL IMPÉRIO 
avatar
JOSE RENATO

Idade : 60
Localização : Ouro Preto - MG
Data de inscrição : 31/05/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casas filatélicas em São Paulo

Mensagem por RomeuNatale em Dom Maio 12 2013, 00:18

A filatelia no Brasil está praticamente morta. E eu culpo exatamente os comerciantes e, principalmente, os editores de listas de preços, que insistem em chamar de catálogos.

No início do ano, após muito tempo de ausência, resolvi andar pelo centro da cidade em busca das lojas filatélicas. Só encontrei o Leão Marek, num edifício da Barão de Itapetininga próximo a Conselheiro Crispiniano. Nesse dia eu fui lá e estava fechado. Uns dias depois voltei e encontrei o Leão. Conversamos, relembramos os encontros na Praça, comprei um litro de benzina, ganhei dois odontômetros e fui para casa (não posso andar muito por causa da tendinite no calcanhar). Feliz por ir embora sabendo que não iria usar a benzina para refino de cocaína, mas sim para "ver" filigranas de selos antigos, comecei a viajar no tempo. Lembrei de vários conhecidos do meio filatélico que se reuniam na Praça, dos comerciantes enganando os incautos, do "argentino" (que "fabricava" as sua variedades) que engordava os bolsos vendendo "sellos raros, raríssimos" aos novos colecionadores e por aí afora. Bons tempos aqueles! Cheguei a comparar raridades que valiam R$ 5,00 (equivalente ao dinheiro da época) por austeros R$ 20,00, pulando como se tivesse descoberto uma raridade única, que só eu a possuia agora. Outros leigos apareciam e vendiam coleções muito boas por preço de barra de chocolate de segunda, outros queria te transformar em numismatas vendendo moedas e cédula "muito raras, no mínimo escassas" e o circo ia fluindo com o seu espetáculo.

Quando acordei estava na entrada de um edifício antigo, com um separador de filas, uma que entrava e outra que saía, e me aventurei no elevador a procura da Filatélica Marek! Encontrei e, infelizmente, acordei do meu sonho. Conversei com o Leão (talvez o mais sério comerciante que já tivemos), paguei a minha conquista e evaporei do edifício.

São nesses momentos que percebo o quento, às vezes, fico estagnado no tempo. E isso me desanima!

Mas vamos tocar em frente!

avatar
RomeuNatale

Idade : 59
Localização : Itaguaí/RJ
Data de inscrição : 08/12/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casas filatélicas em São Paulo

Mensagem por Roger_R em Dom Maio 12 2013, 00:29

Poxa, Romeu... fico me perguntando quantas vezes não nos cruzamos por estes caminhos... a primeira vez que entrei numa filatélica (era a Marek, mas antes era o irmão do Leon, o Bruno) eu tinha meus 8 anos...
Até hoje vou lá. Mais por ter sido minha primeira experiência do que pela aquisição...
Tudo é igual - o balcão é o mesmo de 56 anos atrás. Os mostruários também. E o odontômetro: o mesmíssimo. Só mudou o nome do proprietário, na parte de trás.
Isso que dá saudade...

_________________
Coleciono Brasil (Império carimbados, república mint), trens, aeronaves, embarcações, astronáutica, cães, gatos, quelônios (mint e variedades), heráldica, uniformes militares e flauta (mint e variedades). Autor do Catálogo CDD de Selos do Brasil.
avatar
Roger_R

Idade : 62
Localização : São Paulo/SP - Brasil
Data de inscrição : 19/05/2012

http://www.catalogocdd.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casas filatélicas em São Paulo

Mensagem por Motoka36 em Dom Maio 12 2013, 00:34

Resumindo,

Se me der ao trabalho de ir ao Centro de SP, das duas uma : ou passo na agência filatelica D Pedro, ou se for andar mais um pouco , prefiro ir à Galeria do Rock, na 24 de maio.
Prefiro garimpar discos de vinil antigos, a ver uma loja de filatelia daquela região.
Honestamente, há pouco para se ver numa " filatélica". Todas tem q se tornar virtuais urgentemente, senão verão sua extinção.
Acho q a unica exceção onde vejo atratividade, são os box montados em encontros filatélicos , como a Lubrapex de SP.
Nestes, entre uma conversa e outra, quem sabe vc se anima a adquirir algo.. Mas no formato q seguem as filatélicas hj, não vejo muito futuro.
Vou continuar admirando capas de discos de rock dos anos 60-80.

Abraços

Motoka36

_________________
Coleciono : Comemorativos e império do Brasil, comemorativos do Japão, Alemanha III Reich e envelopes circulados Zeppelin.
avatar
Motoka36

Data de inscrição : 13/07/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casas filatélicas em São Paulo

Mensagem por Roger_R em Dom Maio 12 2013, 00:50

Ernesto, quando vier para SP, venha no último sábado do mês, quando a agencia está aberta. Depois, vai subir a São João para ir até a galeria e então, avise-me, que estarei por ali. Então, vamos até a SPP, que é do outro lado da rua. Provavelmente vai participar de um leilão... Melhor que passar numa loja.
Para te dar um pouco de água na boca: hoje arrematei o RHM A451 com sobrecarga, topo de folha, valor de catálogo 650,00 por 60.
Vai gostar da brincadeira, dos velhos filatelistas e das conversas.

_________________
Coleciono Brasil (Império carimbados, república mint), trens, aeronaves, embarcações, astronáutica, cães, gatos, quelônios (mint e variedades), heráldica, uniformes militares e flauta (mint e variedades). Autor do Catálogo CDD de Selos do Brasil.
avatar
Roger_R

Idade : 62
Localização : São Paulo/SP - Brasil
Data de inscrição : 19/05/2012

http://www.catalogocdd.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casas filatélicas em São Paulo

Mensagem por Motoka36 em Dom Maio 12 2013, 01:06

Roger, assim q conseguir ir para SP te falo.
Na realidade trabalho todas as amanhãs de sábado.
Aproveito minhas idas à SP durante a semana para fazer algo fora do trabalho,portanto os encontros na agencia e SPP por enquanto estão fora de cogitação.

Parabéns pela aquisição.

E sobre a desonestidade do mundo filatélico, parte da culpe é nossa mesmo.
Quando digo nossa me refiro aos amantes deste hobby.

No final dos aos 70 eu ainda menino cheguei a ir a poucas reuniões aqui em minha cidade. Chegamos a ter dois clubes filatélicos na cidade. Resumo.. Meus pais me proibiram de ir aos encontros, por entender q de certa forma eu era facilmente tapeável pelos meninos mais velhos.
E olha q eram somente trocas..

Resumindo.. Este conceito de levar vantagem é algo q estava muito presente nos próprios colecionistas.
Por vezes vemos q as atitudes inescrupulosas dos comerciantes refletia o comportamento do próprio mercado, q agia assim, tapeando çrianças e jovens q queriam se iniciar neste maravilhoso mundo dos colecionistas.


Abs a todos.

Motoka36

_________________
Coleciono : Comemorativos e império do Brasil, comemorativos do Japão, Alemanha III Reich e envelopes circulados Zeppelin.
avatar
Motoka36

Data de inscrição : 13/07/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casas filatélicas em São Paulo

Mensagem por Psique10 em Dom Maio 12 2013, 11:13

Conversei com o Leão (talvez o mais sério comerciante que já tivemos), paguei a minha conquista e evaporei do edifício.

Conheci o Sr. Leão Marek pessoalmente na 1ª exposição que fui visitar em Poços de Caldas, Há uns 3 anos atrás e comprei umas peças e selos dele e não me arrependo. Procuro outra exposição para visitaar esse ano, de preferência em julho ou dezembro quando tenho férias.
avatar
Psique10

Idade : 50
Localização : Ribeirão Claro - Paraná
Data de inscrição : 20/02/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casas filatélicas em São Paulo

Mensagem por odilo em Dom Maio 12 2013, 16:02

Motoka36 escreveu: ... no final dos aos 70 eu ainda menino cheguei a ir a poucas reuniões aqui em minha cidade. Chegamos a ter dois clubes filatélicos na cidade. Resumo.. Meus pais me proibiram de ir aos encontros, por entender q de certa forma eu era facilmente tapeável pelos meninos mais velhos.
E olha q eram somente trocas..

Resumindo.. Este conceito de levar vantagem é algo q estava muito presente nos próprios colecionistas.
Por vezes vemos q as atitudes inescrupulosas dos comerciantes refletia o comportamento do próprio mercado, q agia assim, tapeando çrianças e jovens q queriam se iniciar neste maravilhoso mundo dos colecionistas.
Eu retornei a ajuntar selos lá por 1970. Embora tivesse 28 anos na época em que comecei a frequentar a Associação Filatélica, também tive esta experiência do Motoka36. Me levaram uma carta pré-filatélica pois sem selo, eu pensava que não valia nada. Não apareceu ninguém para me alertar. Não demorou muito para eu ver ela sendo negociada por um bom valor algum tempo depois. Só ai que acendeu a luz vermelha. Mas mesmo assim não desanimei.
Hoje, mesmo na hora da compra ou troca de um selo com filigrana, eu não acredito se não conseguir ver a filigrana certa no selo.
Mas eu acredito que em todo o comércio existe o espertalhão que tenta passar a perna nos incautos. Isto não vai acabar nunca. Se hoje forem comprar um aparelho elétrico, verifiquem qual o tipo de tomada ele tem. Vai que ao chegar em casa não vão conseguir ligar o aparelho. Mas será que o vendedor sabe qual é o tipo de tomada que tem o aparelho?
avatar
odilo

Idade : 75
Localização : Florianópolis
Data de inscrição : 20/02/2008

https://sites.google.com/site/procurandoselo/home

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casas filatélicas em São Paulo

Mensagem por RomeuNatale em Seg Maio 13 2013, 20:07

Pessoal de Sampa, vamos combinar de nos encontrar em algum domingo, na praça. Nem sei se está tendo feira ainda lá. Voltar o tempo não iremos conseguir,mas podemos matar a saudade.

Roger, próximo domingo eu já tenho um compromisso, mas no outro estou vagabundeando.
avatar
RomeuNatale

Idade : 59
Localização : Itaguaí/RJ
Data de inscrição : 08/12/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casas filatélicas em São Paulo

Mensagem por Roger_R em Seg Maio 13 2013, 22:45

No outro dia 26? Ok... combinado. Depois a gente a hora.

Eu comecei juntar selos quando tinha uns 7 anos de idade. Minha avó viajava todo ano pra Argentina, Barcelona e Andorra, onde tinha os irmãos e tinha um tio que morava nos EUA e uma tia que morava em Genova. Chovia cartas em casa e minha mãe ia acumulando os fragmentos numa caixinha de plástico. Eu separava e colocava em envelopes e fiz isso até os 10 anos, quando conheci um cara que também colecionava.
Comecei a colecionar de verdade nesse dia, depois de tomar do sujeito uns 2 murros na cara: para mostrar minha coleção pra ele, quis fazer uma coisa legal. Comprei uma cartolina, passei cola (goma arábica, lembram?) em toda a área da bichinha e colei todos os selos nela. Depois de seco, recortei tudo, tendo o cuidado de remover todos os picotes, deixando mesmo só a imagem.
Como apanhei do carinha!
Mas depois que me deixou de olho roxo e bochecha rachada, me explicou direitinho como fazer.
Nunca mais conversei com ele mas nunca esqueci a lição.
Foi nessa idade que fui para a cidade a primeira vez, numa casa filatélica. A Marek. Lá comprei meu primeiro classificador... aqueles de borda azul, página branca e capa cheia de selos. E também me encantei com a vitrine e me decepcionei com os preços. Minha mesada era pequena demais e o meu pai nem sempre tinha o $$ pra mesada. Mas o que eu juntava, ia pra cidade e gastava tudo nos selos.
Antes tinha de tudo mas aos poucos fui trocando e montando minha coleção de comemorativos usados Brasil.
Só comecei a contar com salário quando tinha uns 16 anos e ai aplicava tudo nos selos e se sobrasse, na casa das primas. Selo tinha preferencia!
Com 20 anos comecei a colecionar de verdade - comecei a montar uma segunda coleção Brasil só de novos e MINT, que é minha paixão. Depois os trens, barcos e astronautica, que eram mais um juntamento mesmo.
Só ano passado, depois de vir para o fórum, que comecei minha terceira coleção: regulares Brasil (usados para Império e mint ou novo para república) e também comecei a organizar os trens, barcos e astronáutica. Tinha um começo de coleção de café mas acabei trocando pelas tartarugas, após ter visto as exposições do Zod, Julio e Paulo Isra. Estas tartarugas agora tem sido minha ruina financeira.

_________________
Coleciono Brasil (Império carimbados, república mint), trens, aeronaves, embarcações, astronáutica, cães, gatos, quelônios (mint e variedades), heráldica, uniformes militares e flauta (mint e variedades). Autor do Catálogo CDD de Selos do Brasil.
avatar
Roger_R

Idade : 62
Localização : São Paulo/SP - Brasil
Data de inscrição : 19/05/2012

http://www.catalogocdd.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casas filatélicas em São Paulo

Mensagem por Agenor em Seg Maio 13 2013, 23:11

Gostei da sua história meu amigo, então de passagem pela Rua Aurora nunca se interessou em entrar na Filatélica Pennyblack? Nossa trajetória e quase parecida. Não sei se é o lugar certo para essa postagem, mas vamos lá. Nos idos de 1964 (quando arrebentou o país) eu trabalhava ao lado do antigo DI hoje DEIC na R Brig Tobias. Era uma empresa italiana e lógico muitas cartas desse país, eu era o office-boy no loca (rsrsrs) e também ajudava na expedição. A secretaria pedia para eu abrir as correspondências e jogar os envelopes fora, ai perguntei vocês não fazem nada com eles? Ela respondeu não..ai comecei a junta-los. Agora tenho que puxar um pouco pela memória, todo final do mês tinha que levar uma maquininha nos Correios Central para recarrega-la, pois nós na expedição era quem selava as cartas (famosa franquia), mas não lembro mais dos detalhes.
avatar
Agenor

Idade : 69
Localização : Pedras de Maria da Cruz-MG e Ouro Preto-MG
Data de inscrição : 02/11/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casas filatélicas em São Paulo

Mensagem por Roger_R em Seg Maio 13 2013, 23:37

Ahhh sim, mas a Penny Black era na Barão de Itapetininga. Eu ia em todas, pra ficar olhando, né...
A Aurora já era a Aurora de hoje, mas sem a Penny Black kkkkkkk

_________________
Coleciono Brasil (Império carimbados, república mint), trens, aeronaves, embarcações, astronáutica, cães, gatos, quelônios (mint e variedades), heráldica, uniformes militares e flauta (mint e variedades). Autor do Catálogo CDD de Selos do Brasil.
avatar
Roger_R

Idade : 62
Localização : São Paulo/SP - Brasil
Data de inscrição : 19/05/2012

http://www.catalogocdd.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casas filatélicas em São Paulo

Mensagem por israpaulo em Ter Maio 14 2013, 03:26

odilo escreveu:
Motoka36 escreveu: ... no final dos aos 70 eu ainda menino cheguei a ir a poucas reuniões aqui em minha cidade. Chegamos a ter dois clubes filatélicos na cidade. Resumo.. Meus pais me proibiram de ir aos encontros, por entender q de certa forma eu era facilmente tapeável pelos meninos mais velhos.
E olha q eram somente trocas..

Resumindo.. Este conceito de levar vantagem é algo q estava muito presente nos próprios colecionistas.
Por vezes vemos q as atitudes inescrupulosas dos comerciantes refletia o comportamento do próprio mercado, q agia assim, tapeando çrianças e jovens q queriam se iniciar neste maravilhoso mundo dos colecionistas.
Eu retornei a ajuntar selos lá por 1970. Embora tivesse 28 anos na época em que comecei a frequentar a Associação Filatélica, também tive esta experiência do Motoka36. Me levaram uma carta pré-filatélica pois sem selo, eu pensava que não valia nada. Não apareceu ninguém para me alertar. Não demorou muito para eu ver ela sendo negociada por um bom valor algum tempo depois. Só ai que acendeu a luz vermelha. Mas mesmo assim não desanimei.
Hoje, mesmo na hora da compra ou troca de um selo com filigrana, eu não acredito se não conseguir ver a filigrana certa no selo.
Mas eu acredito que em todo o comércio existe o espertalhão que tenta passar a perna nos incautos. Isto não vai acabar nunca. Se hoje forem comprar um aparelho elétrico, verifiquem qual o tipo de tomada ele tem. Vai que ao chegar em casa não vão conseguir ligar o aparelho. Mas será que o vendedor sabe qual é o tipo de tomada que tem o aparelho?

Na minha infancia um pai de um amigo meu descobriu que eu colecionava e me chamou para "trocar" ...

troquei uns selos velhos de Israel por uns bonitos da Hungria...Nao preciso nem comentar , ne????
avatar
israpaulo

Idade : 46
Localização : Israel
Data de inscrição : 19/02/2008

http://www.superfilatelico.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casas filatélicas em São Paulo

Mensagem por Roger_R em Ter Maio 14 2013, 08:11

Até imagino, Paulo... Hoje voce tem a maior coleção hungara que um filatelista sonha
kkkkkkkkk

_________________
Coleciono Brasil (Império carimbados, república mint), trens, aeronaves, embarcações, astronáutica, cães, gatos, quelônios (mint e variedades), heráldica, uniformes militares e flauta (mint e variedades). Autor do Catálogo CDD de Selos do Brasil.
avatar
Roger_R

Idade : 62
Localização : São Paulo/SP - Brasil
Data de inscrição : 19/05/2012

http://www.catalogocdd.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casas filatélicas em São Paulo

Mensagem por RomeuNatale em Qui Maio 16 2013, 10:40

Roger, vamos lá dia 26! Fechado! Cadê o Cláudio? Talvez ele também queira ir. Não vou levar muita coisa porque São Paulo está muito perigoso, não quero colocar os meus pequenos pedaços de papel em risco. hehehe

Mas vou levar uma surpresa.
avatar
RomeuNatale

Idade : 59
Localização : Itaguaí/RJ
Data de inscrição : 08/12/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casas filatélicas em São Paulo

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum