BRASIL - FORTE DE SANTA BÁRBARA/SC - 1774!!!

Ir em baixo

BRASIL - FORTE DE SANTA BÁRBARA/SC - 1774!!!

Mensagem por Antonio C. Pulsy em Seg Jun 04 2018, 09:56

Compartilho com os colegas, "Forte de Santa Bárbara/SC - 1774!!!"


                                                 FORTE DE SANTA BÁRBARA.

O Forte de Santa Bárbara da Praia da Vila está localizado no aterro da Baía Sul, no centro da cidade de Florianópolis, no litoral do Estado de Santa Catarina. Na sua implantação original, situava-se sobre uma pequena ilha fronteira à antiga Praia do Canto ou da Vila, ao sul da antiga Vila de Nossa Senhora do Desterro, sendo ligado à praia por um pequeno pontilhão em arcos. Os aterros efetuados na Baía Sul, na década de 1970, uniram essa pequena ilha à praia, sendo o Forte, posteriormente, envolto por diversas avenidas da malha urbana. Essa fortificação tinha a finalidade de impedir um desembarque na Praia da Vila de Nossa Senhora do Desterro, que era considerada extremamente vulnerável, principalmente se algum ataque inimigo viesse a ultrapassar a Fortaleza de Nossa Senhora da Conceição de Araçatuba, pelo lado sul da Ilha. Não se conhece a data exata de sua construção, bem como o autor do seu projeto. Sua planta não consta no levantamento realizado por José Custódio de Sá e Faria, em 1760. É certo, porém, que a fortificação já havia sido iniciada em 1774, onde aparece nomeada como "forte novo", segundo mapa da época. A fortificação também aparece no levantamento realizado, em 1786, pelo Alferes José Correia Rangel. Nesse documento, é representado com planta no formato de um polígono irregular, levantada em alvenaria de pedra e cal. Abrigava em seu terrapleno um edifício de um pavimento com cobertura em quatro águas, compreendendo o Quartel da Tropa, o Armazém e a Casa da Pólvora, sendo artilhado com um canhão de bronze de calibre 6 libras, e 12 canhões de ferro, sendo um de 12 libras, dois de 4 lb, cinco de 3 lb, três de 2 lb, e um de 1 lb. O terrapleno era guarnecido por uma muralha com mais de 3 palmos de espessura na parte superior, com altura de mais de 22 palmos acima do nível do mar na maré baixa, comunicando-se com a terra por uma ponte (passadiço) construída sobre arcos de alvenaria. O forte é registrado iconograficamente nas obras de La Pérouse (1775), Krusenstern, Langsdorff, Debret e outros. A partir de 1851, o Forte de Santa Bárbara deixa de ter função militar, contribuindo assim para novas intervenções arquitetônicas e mudanças no seu uso. Durante a primeira metade do século XIX, serviu como enfermaria militar, transferida para o Quartel do Campo do manejo em 1861, quando o prédio passa a servir à Capitania dos Portos, do Ministério da Marinha. Os projetos do Governo Provincial para a adaptação do imóvel ao menor custo, se sucederam até 1871, quando foi demolido o Quartel de Tropa e acrescido um galpão de dois pavimentos, destinado à recepção de colonos. Posteriormente serão fechadas as canhoneiras, construído um parapeito sobre a muralha, instaladas floreiras, e pavimentado o terrapleno. Novas obras de reforma foram iniciadas em janeiro de 1875, sob a direção do Capitão do Porto, colocando-se a cumeeira da Capitania do Porto em 10 de abril de 1875. Em junho do ano seguinte, concluía-se a casa para o Comandante do Porto, contígua ao edifício da Capitania. Durante a Revolução Federalista (1893-1894), é utilizada como sede do Governo do Estado (1893). Durante a primeira metade do século XX, novas intervenções foram sendo introduzidas no conjunto, descaracterizando-o completamente, e dando-lhe as linhas arquitetônicas características dos anos 30 (que conserva até hoje), tendo o mesmo acabado ligado à Ilha, fruto de aterros sucessivos no seu entorno. Em 1984, fruto da polêmica sobre sua pretendida demolição, o forte foi tombado pelo Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional/IPHAN. Em 1999, a agência da Capitania dos Portos ali instalada foi transferida para o novo imóvel, no continente, e o conjunto foi cedido pelo 5º Distrito Naval ao município de Florianópolis, passando a abrigar, em janeiro de 2001, a sede da Fundação Cultural Franklin Cascaes. Em 2013, o Forte de Santa Bárbara retornou à gestão da Marinha do Brasil. Em 2016, a Marinha do Brasil realizou obras de reforma na construção, a qual passou a abrigar o Centro Cultural da Marinha em Santa Catarina e o Museu Naval.


SELO PONTE HERCÍLIO LUZ - FLORIANÓPOLIS/SC.


UM DOS SÍMBOLOS DE
FLORIANÓPOLIS/MARTIM PESCADOR.


PLANO ESPANHOL PARA O FORTE SANTA BÁRBARA.


ÁREAS NO FORTE SANTA BÁRBARA.


PERFIL FORTE SANTA BÁRBARA.


LOCALIZAÇÃO FORTE SANTA BÁRBARA E DEMAIS FORTALEZAS.


FORTE SANTA BÁRBARA EM 1920.


FORTE SANTA BÁRBARA A DIREITA, CENTRO DE FLORIANÓPOLIS.




VISTA FRONTAL FORTE SANTA BÁRBARA, AINDA BANHADO PELO MAR.


FORTE SANTA BÁRBARA, PRIMEIRA METADE DO SÉCULO XX.


VISTA AÉREA FORTE SANTA BÁRBARA.


FORTE SANTA BÁRBARA COM BAÍA SUL AO FUNDO.


FORTE SANTA BÁRBARA E ÁREA DA ANTIGA ARTILHARIA.


CANHÃO IMPERIAL NO FORTE SANTA BÁRBARA.


FORTE SANTA BÁRBARA, HOJE CENTRO CULTURAL DA MARINHA - MUSEU NAVAL.
avatar
Antonio C. Pulsy

Idade : 62
Localização : Canoas/RS.
Data de inscrição : 24/04/2014

http://antonio.pulsy@bol.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum