Quiz de Domingo CXXXII – Topônimos e escritores

Ir em baixo

Quiz de Domingo CXXXII – Topônimos e escritores

Mensagem por Fabio Monteiro em Dom Abr 15 2018, 04:44

Quem acompanha os posts sobre topônimos que desapareceram já percebeu que tenho um fraco por carimbos, ou cidades brasileiras, com nomes pouco usuais:



Mas não estou sozinho. Dois famosos escritores brasileiros usaram topônimos já desaparecidos como título de suas obras. O mais velho entre eles ficou fascinado (e com razão, diga-se de passagem) com o nome de uma localidade longínqua. Já o mais jovem utilizou, poucos anos mais tarde do que o anterior, uma localidade do seu estado de origem para dar nome a um livrinho. Não posso provar, mas tenho certeza de que o mais jovem, aqui, teria imitado o mais velho, que era também um amigo e incentivador do jovem colega.

Quem vai me enviar por MP, até à meia-noite de Brasília, a imagem de um selo ou objeto postal em homenagem a um, ou ambos os escritores acima referidos? Bom domingo a todos!
avatar
Fabio Monteiro

Localização : Alemanha
Data de inscrição : 08/11/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quiz de Domingo CXXXII – Topônimos e escritores

Mensagem por Fabio Monteiro em Seg Abr 16 2018, 03:53

Parabéns ao Lima, único acertador desta vez que matou o quiz e descobriu pelo menos um dos grandes escritores brasileiros buscados: o poeta, ensaísta, romancista, folclorista, musicólogo, enfim, o luminoso Mário de Andrade (1893-1945) e postou o seguinte selo:


 
Quanto ao outro escritor, o Lima apostou no poeta Manuel Bandeira (1886-1968), mas foi bola fora. Que eu saiba, nenhum dos livros do grande poeta pernambucano leva um topônimo no título.

E qual livro do Mário de Andrade tem uma localidade como título? Segurem-se: é Remate de Males! Isso mesmo, um livrinho de poesias publicado em 1930 com um título pra lá de lírico leva o nome de um cafundó no fim (pra não escrever coisa pior) do Amazonas, na fronteira com Peru e Colômbia, mais precisamente aqui:


Google Maps

Remate de Males era a povoação, por assim dizer, mais antiga de toda a região, fundada em 1890. Virou município em 1898, ao se emancipar de S. Paulo de Olivença; depois perdeu a autonomia em 1901, para recuperá-la em 1904. Mas em 1938 mudou-se a capital municipal para Esperança, que se tornou sede municipal sob o nome de Benjamin Constant. E hoje Remate de Males virou distrito do município vizinho, Atalaia de Norte, que por sua vez se emancipou de Benjamin Constant em 1955. Êta, Brasil!


MdeA (1927), por Lasar Segall (1891-1957)

Mário de Andrade completa 125 aninhos em outubro, mas quero celebrá-lo agora mesmo, com um dos meus poemas favoritos de Remate de Males:

Eco e o descorajado

Neste lugar solitário
Onde nem canta o sem-fim,
Choro. E um eco me responde
Ao choro que choro em vão.
Eco, responda bem certo,
Meus amigos me amarão?
    E o eco me responde: - Sim.

Pois então, eco bondoso,
Você que sabe a razão
Porque deixando o tumulto
De Paulicea, aqui vim:
Eco, responda bem certo,
Maria gosta de mim?...
    E o eco me responde: - Não!

Antes morrer!... Eu me sinto
Tão vazio com este amor...
Não aguento mais meu peito!
Morrer! Seja como for!
Eco, responda bem certo,
Morrerei hoje, amanhã?...
    E o eco me responde: - Nhãam...

Mário de Andrade escreveu também o fantástico Macunaíma (1928), esse romance picaresco com a primeira página mais engraçada da língua portuguesa que conheço. Viva ele!

E agora vamos abrir um branco primaveril como a literatura dele:

 
Frau Monteiro

O Grüner Veltliner austríaco é um dos meus brancos favoritos; perfeito o ano inteiro, combina com tudo e é uma delícia com muito sabor pra pouco álcool. E nem tão caro assim. Este veio das margens do Danúbio e acompanhou com fidalguia uns aspargos brancos (tá na época, êba!) com molho de rúcula e gergelim:


Frau Monteiro, também (a foto e a comida)

Vidão, hein? Lima, seu brinde sai amanhã daqui. E o outro escritor? Esta resposta vem amanhã também, mas espero que mais alguém a encontre até lá. Boa semana a todos!

Bonus tracks:

A história do nome de Remate de Males:
https://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/dtbs/amazonas/atalaiadonorte.pdf

Remate de Males é tb uma revista literária da Unicamp. Será que eles sabem de onde vem o nome?
https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/remate

Não tenho nenhum carimbo de Remate de Males/AM. Mas tenho este BP muito legal, onde o lugar é citado acima, à direita:



E o outro lado tb surpreende:



Do Amazonas até Angra do Heroísmo, na Ilha Terceira açoriana em menos de um mês, em 1906. Ah, se o correio brasileiro fosse tão rápido assim, hoje...
avatar
Fabio Monteiro

Localização : Alemanha
Data de inscrição : 08/11/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quiz de Domingo CXXXII – Topônimos e escritores

Mensagem por ronaldkirst em Seg Abr 16 2018, 07:38

Sempre me delicio com as curiosidades e com a cultura deste quiz...

Abs,
avatar
ronaldkirst

Idade : 43
Localização : Porto Alegre
Data de inscrição : 21/09/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quiz de Domingo CXXXII – Topônimos e escritores

Mensagem por rafaelkonzen em Seg Abr 16 2018, 11:48

Não cheguei nem perto. Nunca ia imaginar que Remate de Sales era o nome de um lugar...
avatar
rafaelkonzen

Idade : 42
Localização : Novo Hamburgo - RS
Data de inscrição : 03/04/2010

http://mystampcollectionbrazil.blogspot.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quiz de Domingo CXXXII – Topônimos e escritores

Mensagem por Fabio Monteiro em Ter Abr 17 2018, 17:23

Já que ninguém descobriu quem seria o segundo escritor brasileiro, amigo de Mário de Andrade, que utilizou um topônimo desaparecido como título de obra literária, aqui vai a resposta: foi o poeta, ensaísta e cronista mineiro Carlos Drummond de Andrade (1902-1987).



O livro de Drummond que buscávamos era a coletânea de poesias Brejo das Almas, de 1934, portanto 4 anos depois de Remate de Males. Como prefácio de Brejo das Almas, Drummond transcreveu um texto de 1931 d’A Pátria:

“Brejo das Almas é um dos municípios mineiros onde os cereais são cultivados em maior escala. Boa exportação é feita para os mercados de Montes Claros e Belo Horizonte. Há também grande exportação de mamona, toucinho e ovos. A lavoura de cana-de-açúcar tem-se desenvolvido bastante.

Ultimamante cogita-se da mudança de nome do município, que está cada vez mais próspero. Não se compreende mesmo que fique toda a vida com o primitivo: Brejo das Almas, que nada significa e nenhuma justificativa oferece.”

Desde 1948 o município passou a se chamar Francisco Sá, para homenagear um ministro de Viação e Obras Públicas que nascera na região.


Google Maps

Em Francisco Sá existe hoje a rua Brejo das Almas. Mas a homenagem literária vale muito mais. Será que algum dos colegas pode postar aqui um carimbo de Brejo das Almas?

Para completar, aqui um belo poema de Brejo das Almas, típico de seu autor:

O passarinho dela

O passarinho dela
é azul e encarnado.
Encarnado e azul são
as cores do meu desejo.

O passarinho dela
bica meu coração
Ai ingrato, deixa estar
que o bicho te pega.

O passarinho dela
está batendo asas, seu Carlos!
Ele diz que vai-se embora
sem você pegar.
avatar
Fabio Monteiro

Localização : Alemanha
Data de inscrição : 08/11/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quiz de Domingo CXXXII – Topônimos e escritores

Mensagem por rafaelkonzen em Ter Abr 17 2018, 21:06

Meu primeiro palpite era o Carlos Drummond de Andrade, mas não achei nenhum título que lembrasse o nome de algum lugar, e realmente, como o outro, nunca ia imaginar que Brejo das Almas seria um lugar, hehehe
avatar
rafaelkonzen

Idade : 42
Localização : Novo Hamburgo - RS
Data de inscrição : 03/04/2010

http://mystampcollectionbrazil.blogspot.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quiz de Domingo CXXXII – Topônimos e escritores

Mensagem por Glauber em Qua Abr 18 2018, 09:31

Como dizia um velho amigo filatelista aqui da Bahia, Hélio Mazzei, "isso é filatelia!"

Pesquisar, buscar, instigar a si e a outros, curiar, perguntar........... é a base para a filatelia. Por isso somos diferenciados. rsrsrsrsrs

Parabéns ao Lima pelo acerto e ao Fábio Monteiro por mais uma aula.

Abraços,

_________________
Glauber Motta
Coleciono selos 'mint': Brasil; e dos temas: Circo, Desertificação,
Felinos do Continente Americano, Mercosul e América-UPAEP (emissões conjuntas) etc.;
Selos 'usados' de séries básicas.
avatar
Glauber

Idade : 42
Localização : Valente - BA - Brasil
Data de inscrição : 20/02/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quiz de Domingo CXXXII – Topônimos e escritores

Mensagem por lima34 em Seg Maio 07 2018, 22:30

Brinde recebido hoje. Muito obrigado Fabio.

lima34

Idade : 55
Localização : Chapecó SC
Data de inscrição : 06/03/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quiz de Domingo CXXXII – Topônimos e escritores

Mensagem por Fabio Monteiro em Sab Maio 19 2018, 09:17

Olhem só o carimbo que chegou esta semana:



Remate de Males/(Amazonas)/ 10 JUL 1907.

Quantos habitantes teria tido naquela época?
avatar
Fabio Monteiro

Localização : Alemanha
Data de inscrição : 08/11/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quiz de Domingo CXXXII – Topônimos e escritores

Mensagem por Antonio C. Pulsy em Sab Maio 19 2018, 15:53

Prezado,

Habitavam primitivamente o território do atual município de Atalaia do Norte os índios Mangeronas, Ticunas, Marubas e Maias. Dos dois últimos vivem ainda remanescentes no referido território. Os Maias conservam-se ainda arredios à civilização.  A região do Javari foi das últimas a ser exploradas, devido aos ferozes selvagens seus habitantes e às doenças endêmicas que ali se alastravam.
Entre os anos 1864 e 1874, ocorreram confrontos na região entre os silvícolas e o pessoal das comissões mistas brasileiro-peruanas encarregadas das demarcações de fronteiras. O mais antigo núcleo de povoamento é Remate de Males, que, aliás, foi durante vários anos, de 1898 a 1901 e de 1904 a 1928, sede do município de Benjamim Constant. Não se sabem precisamente a data de sua fundação. Entretanto, Anísio Jobim, em “Panoramas Amazônicos”, informa que o povoado se originou de uma cabana à margem de Itecoai, onde habitava o filho de um oficial superior brasileiro, e que a denominação de Remate de Males foi dada em 1890, pelo maranhense Alfredo Raimundo de Oliveira Bastos, que encontrou neste local relativo bem-estar, resolvendo fixar-se como um remate aos seus males. Colocou, então na fachada de seu barracão o letreiro “Remate de Males”, cuja designação se estendeu a todo lugar.
Em 01.12.1938, pela Lei Estadual nº 176 é criado o distrito de Remate de Males, cujo território é o mesmo do município de Atalaia do Norte.  Em 1943, é fundado no seringal Cametá o povoado de Atalaia do Norte, cujo ato contou com a presença do interventor federal no Estado, o Dr. Álvaro Maia.  A Lei Estadual nº 96, de 19 de dezembro de 1955, criou o município de Atalaia do Norte, desmembrado de Benjamim Constant e constituído pelo distrito do mesmo nome (antigo distrito de Remate de Males), elevado então à categoria de cidade com a denominação de Atalaia do Norte. Em 23/02/1956, ocorreu a instalação do município, sendo seu primeiro prefeito nomeado pelo governador do estado, o senhor Theóphilo Casimiro Brasil.  Em 04.06.1968, pela Lei Federal nº 5.449, o município é enquadrado como “Área de Segurança Nacional”.  Em 1980, o povoado originado de uma cabana à margem do rio Itacoaí recebe o nome de Remate de Males é sede do município de Benjamim Constant. Significado do Nome A denominação de Atalaia justifica-se por ser a localidade em apreço “o mais extremo núcleo do Oeste, a guarita da marcha para o Oeste”, no dizer de Álvaro Maia, em discurso proferido em Remate de Males em 1943.
Distrito criado com a denominação de Remate de Males, pela lei estadual nº 176, de 01-12-1938, subordinado ao município de Benjamim Constant. No quadro fixado para vigorar no período de 1939-9143, o distrito de Remate de Males figura no município de Benjamim Constant. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1955.
Elevado à categoria de município com a denominação de Atalaia do Norte, pela lei estadual nº 96, de 19-12-1955, desmembrado do município de Benjamim Constant. Sede no atual distrito de Atalaia do Norte (ex-Remate de Males). Constituído Do distrito sede. Instalado em 23-02-1956.  Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído do distrito sede.  Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2009. Alteração toponímica distrital Remate de Males para Atalaia do Norte, alterado pela lei estadual nº 96, de 19-12-1955.
avatar
Antonio C. Pulsy

Idade : 62
Localização : Canoas/RS.
Data de inscrição : 24/04/2014

http://antonio.pulsy@bol.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quiz de Domingo CXXXII – Topônimos e escritores

Mensagem por Fabio Monteiro em Dom Maio 20 2018, 08:47

Obrigado pelo texto, Antonio, muito informativo. Resta saber se existem carimbos de Remate de Males depois de 1938, quando a sede municipal mudou para Benjamim Constant. Seja como for, deve ser um carimbo muito raro, tanto pela estreita janela cronológica quanto pelo pequeno número de habitantes.
avatar
Fabio Monteiro

Localização : Alemanha
Data de inscrição : 08/11/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quiz de Domingo CXXXII – Topônimos e escritores

Mensagem por Antonio C. Pulsy em Dom Maio 20 2018, 15:17

Prezado,

com certeza é um "carimbo raro de se ver"...
avatar
Antonio C. Pulsy

Idade : 62
Localização : Canoas/RS.
Data de inscrição : 24/04/2014

http://antonio.pulsy@bol.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quiz de Domingo CXXXII – Topônimos e escritores

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum