Os últimos colecionadores de selos

Ir em baixo

Os últimos colecionadores de selos

Mensagem por odilo em Sab Abr 14 2018, 23:35

Olá amigos e amigas.
Estamos em alguns tópicos falando que a filatelia no Brasil esta mal das pernas .....
Para não desviar o assunto nos outros tópicos, resolvi criar este com base na reportagem ai em baixo ....
Os últimos colecionadores

Será  mesmo que somos os últimos colecionadores de selos?

_________________
Romeu Odilo
Coleciono países: Brasil, Alemanha (tudo), Suíça, Argentina, Portugal e USA. Série: Machins . Continuo juntando material para uma coleção sobre meios de transportes. Recente: Um país um selo. Futuro: Recortes de história postal. Reino dos Sérvios, Croatas e Slavos (1918-1929).
avatar
odilo

Idade : 76
Localização : Florianópolis
Data de inscrição : 20/02/2008

https://recuperandoselospostais.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os últimos colecionadores de selos

Mensagem por JOSE RENATO em Dom Abr 15 2018, 00:37

Qual de nós conseguiu dar continuidade à filatelia através de filho / sobrinho?????

_________________
José Renato
Ouro Preto - MG

Coleciono: BRAZIL IMPÉRIO 
avatar
JOSE RENATO

Idade : 61
Localização : Ouro Preto - MG
Data de inscrição : 31/05/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os últimos colecionadores de selos

Mensagem por rafaelkonzen em Dom Abr 15 2018, 00:53

Últimos, últimos, acho que não, mas que daqui para frente vai reduzir muito, isso vai.
Se fosse assim, não teríamos mais colecionadores de cartões telefônicos, fichas telefõnicas, fichas de trem/onibus/metrô. Mas vai perder muito da graça.
avatar
rafaelkonzen

Idade : 42
Localização : Novo Hamburgo - RS
Data de inscrição : 03/04/2010

http://mystampcollectionbrazil.blogspot.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os últimos colecionadores de selos

Mensagem por FRITZEN em Dom Abr 15 2018, 08:48

Não se sabe o período certo de quando o ser humano começou a colecionar objetos. A hipótese mais aceita é que tenha começado com objeto que os homens pré-históricos poderiam utilizar, mais tarde.

Um dos mais famosos colecionadores em todo mundo é o "museu", que pode ser desde uma sala até uma enorme construção. Outra instituição que é um colecionador (geralmente ninguém percebe) é a biblioteca, que coleciona livros antigos ou novos no seu acervo. Uma das mais famosas bibliotecas do mundo foi a Biblioteca de Alexandria a qual, segundo lendas, conteria a fórmula da imortalidade.

Portanto colecionar, é algo impregnado ao ser humano. Não deixará de o fazer.

Coleção de selos não é o mesmo que filatelia, que é o estudo dos selos. Um filatelista pode, mas não precisa necessariamente, colecionar selos. Muitos colecionadores casuais de selos acumulam selos por pura diversão e relaxamento, sem se preocupar com os pequenos detalhes. A criação de uma grande ou coleção completa, no entanto, podem exigir algum conhecimento filatélico.

Esses estudos são adquiridos, de modo geral, em entidades filatélicas. Fortalecendo estas, teremos uma fonte inesgotável de conhecimento e de novos aficcionados.

Os selos postais são frequentemente colecionados por seu valor histórico e aspectos geográficos e também por muitos temas diferentes que têm sido descritos neles. E isso vai continuar, por muitos e muitos anos.

Não somos os últimos.
avatar
FRITZEN

Localização : florianópolis
Data de inscrição : 24/08/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os últimos colecionadores de selos

Mensagem por Gonzaga em Dom Abr 15 2018, 10:50

Amigos (as)

Tentando passar para o meu filho, mas está difícil, a tecnologia é importante, mas neste caso atrapalha muito........porém vamos continuar.

Abs

Gonzaga
avatar
Gonzaga

Localização : São Paulo
Data de inscrição : 18/10/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os últimos colecionadores de selos

Mensagem por zod100 em Dom Abr 15 2018, 11:08

Minha filha parece que gosta de coleções. Desde nova tentei transmitir o gene do colecionismo a ela, primeiro com albuns de figurinhas, depois com bonecas e desde os 8 anos iniciei ela na filatelia. Ela coleciona cães e gatos, inclusive já participou de uma mostra em Cachoeira Paulista com a coleção de Cães.

_________________
Coleciono: Alemanha, Itália, Croácia, Noruega, Finlândia, Dinamarca, Espanha, Rússia Antiga, Tunísia, Nepal, Sri Lanka, Índia, Canadá, Chile, Equador, Brasil
Temas: Carimbos do Império do Brasil, Cogumelos, Trens, Borboletas, Rosas, Mercosul e Tema Europa(mint)
avatar
zod100

Idade : 51
Localização : Resende/RJ
Data de inscrição : 17/02/2008

http://selosdobrasil.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os últimos colecionadores de selos

Mensagem por JOSE RENATO em Dom Abr 15 2018, 12:28

zod100 escreveu:Minha filha parece que gosta de coleções. Desde nova tentei transmitir o gene do colecionismo a ela, primeiro com albuns de figurinhas, depois com bonecas e desde os 8 anos iniciei ela na filatelia. Ela coleciona cães e gatos, inclusive já participou de uma mostra em Cachoeira Paulista com a coleção de Cães.

Eu acho que vc é o único herói por aqui!!!! KKkkkkkkkk

_________________
José Renato
Ouro Preto - MG

Coleciono: BRAZIL IMPÉRIO 
avatar
JOSE RENATO

Idade : 61
Localização : Ouro Preto - MG
Data de inscrição : 31/05/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os últimos colecionadores de selos

Mensagem por H Roberto em Dom Abr 15 2018, 13:04

Fim de semana passado no aniversário da minha nora...num bate-papo com meu irmão ele não dispensou elogios sobre minhas coleções temáticas. Disse a ele que minhas coleções eram bastante modestas...bem pequenas ou ínfimas em relação a outros colecionadores mas o que importa não é o tamanho da coleção e sim o prazer no hobby. A coleção com o passar do tempo vai criando volume apenas não tinha idéia quem poderia dar continuidade já que até hoje ninguém se manifestou. Meu filho mais velho que a tudo escutava disse: "Olha pai...depois que eu estiver aposentado quem sabe eu encare essa". rssssss...por outro lado  se eu entrei nessa foi por livre e espontânea vontade e não posso obrigar ninguém a ser meu seguidor.
Parabéns ao Paulo e todos que tenham essa alegria.
Se nosso correio realmente estiver a fim de acabar com emissão de selos acho nossa única saída será adquirir selos de outros países para continuar a troca com colegas de outros países. Vai ficar complicado.
avatar
H Roberto

Idade : 69
Localização : Santa Maria - RS - Brasil
Data de inscrição : 22/02/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os últimos colecionadores de selos

Mensagem por zod100 em Dom Abr 15 2018, 19:48

JOSE RENATO escreveu:
zod100 escreveu:Minha filha parece que gosta de coleções. Desde nova tentei transmitir o gene do colecionismo a ela, primeiro com albuns de figurinhas, depois com bonecas e desde os 8 anos iniciei ela na filatelia. Ela coleciona cães e gatos, inclusive já participou de uma mostra em Cachoeira Paulista com a coleção de Cães.

Eu acho que vc é o único herói por aqui!!!! KKkkkkkkkk
Só não consegui fazer ela criar gosto pelos carimbos imperiais...rsrs
Mas aí acho que é muito para a idade dela.

_________________
Coleciono: Alemanha, Itália, Croácia, Noruega, Finlândia, Dinamarca, Espanha, Rússia Antiga, Tunísia, Nepal, Sri Lanka, Índia, Canadá, Chile, Equador, Brasil
Temas: Carimbos do Império do Brasil, Cogumelos, Trens, Borboletas, Rosas, Mercosul e Tema Europa(mint)
avatar
zod100

Idade : 51
Localização : Resende/RJ
Data de inscrição : 17/02/2008

http://selosdobrasil.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os últimos colecionadores de selos

Mensagem por Fabio Monteiro em Seg Abr 16 2018, 05:01

Parabéns por abordar um tema tão atual, importante e interessante tb, Odilo!

A filatelia está mal das pernas, como já foi constatado diversas vezes neste fórum, mas não só no Brasil. No Brasil apenas se amplifica esse fenômeno cultural, assim como se amplificam os efeitos de qualquer tendência social, política ou econômica que eclode no exterior. Porque nossa sociedade (ainda ou novamente, como queiram) é muito frágil e rudimentar, sem estruturas nem forças para se afirmar contra qualquer ventinho que venha de fora.

O problema atual da filatelia tem, a meu ver, três aspectos: o sócio-cultural já esboçado acima, o do colecionismo, já bem descrito pelo Fritzen (entre outros) e o dos correios, um desastre que nos acompanha dia-a-dia.

Dos correios não preciso falar, primeiro porque já escrevi minha opinião aqui:
http://selosdobrasil.forumeiros.com/t8972-triste-situacao-dos-correios#142612

Depois, porque acredito que quem sente o problema na pele não precisa dos meus pitacos daqui. Apenas gostaria de repassar uma informação que li na revista alemã Philatelie deste mês: na Guatemala, o correio não opera mais desde o ano passado, devido a uma disputa entre o governo do país e a entidade postal privada de lá, El Correo de Guatemala. Um filatelista alemão tentou enviar uma carta registrada na cidade de Antigua, mas a agência postal tinha um cartaz na porta com os dizeres:

No stamps and no international service for the moment. Postal service is in transition from private to public.

Essa fase de transição do correio privado de volta ao público vai durar, pelo menos, até o fim de junho, isso num país com 16 milhões de habitantes. As caixas de correio de lá, segundo o colega alemão, servem como latas de lixo. Vamos acompanhar essa transição, porque no Brasil, após a tão almejada privatização dos correios, a coisa não será muito diferente, aposto.

O aspecto do colecionismo é coisa antropológica, do Homo sapiens, como foi colocado acima. Ou seja, não vão desaparecer os filatelistas, eles apenas diminuirão em número. O que vem daí? Ao diminuir o número de filatelistas, os selos baratos ficarão mais baratos ainda, enquanto os selos caros ficarão mais caros. Porque os poucos filatelistas provocarão uma concentração do mercado: os comerciantes menores desaparecerão, e os poucos colecionadores vão acumular mais peças raras, mesmo já as possuindo, simplesmente pela falta de concorrência.

No aspecto sócio-cultural é preciso ainda lembrar que nossos filhos só terão interesse em continuar nossas coleções se eles perceberem a importância do conhecimento adquirido através da filatelia. Se eles notarem nossa alegria por cada pequena ou grande descoberta oriunda dos selos. E se eles compartilharem nosso prazer em enviar e receber cartas.
avatar
Fabio Monteiro

Localização : Alemanha
Data de inscrição : 08/11/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os últimos colecionadores de selos

Mensagem por Gabriel em Seg Abr 16 2018, 10:02

Sou novo na filatelia, me iniciei em janeiro deste ano = já em tempos de crise. Para mim, que estou ingressando agora, é fácil compreender o desânimo de muitos (jovens, adultos, crianças, etc) pela filatelia, já que - agora mais do que nunca - trata-se de sempre lidar com objetos antigos e com pouca (ou nenhuma) renovação atual.

Além disso, eu pessoalmente, sou apaixonado pelos desenhos e gravações dos selos antigos (por litografia, tipografia e etc) já os atuais, por conta da grande tecnologia, são feitos sem muito esmero (penso eu) e por isso, são pouco atrativos (visualmente falando) além do fato de serem autoadesivos, o que faz com que um cara novo no hobbie como eu pergunte: qual a diferença de um selo autoadesivo para um adesivo "bonitinho" que se vende por aí. E agora, diante dessa reformulação na praxis dos correios, essa pergunta se torna ainda mais pertinente.

Penso eu que, apesar de a filatelia não estar condenada à morte (até porque eu tenho me apaixonado cada vez mais pelo estudo e coleção), perderá gradualmente seus adeptos, justamente por isso.

Os selos postais antigos têm uma variedade enorme de detalhes, riquíssimos em contornos minúsculos e assim por diante e veja bem: todos gravados em técnicas um tanto quanto rudimentares se formos pensar na tecnologia que temos nos dias de hoje. Já os selos modernos têm maior qualidade de imagens e riqueza de cores, isso não posso questionar, mas mesmo que de forma inconsciente, (pelo menos eu) dizemos assim: ah, legal, é bonito, mas é apenas uma foto impressa em um papel adesivo.

A tecnologia em muito facilitou nossa vida, isso não posso negar, mas ao mesmo tempo arruinou a admiração que tínhamos por coisas que hoje são triviais. É um charme e extremamente enriquecedor estudar todos os caminhos e descaminhos de uma correspondência enviada durante o período imperial; descobrir os selos, as estações postais pela qual a carta passou, nomear os trens e até seus horários, com possível indicação do maquinista. Todo esse processo torna-se romântico, convidativo, interessantíssimo. Mas hoje, o que temos para analisar? Emails? A trajetória de um email? Convenhamos... a modernidade extinguiu muito da nossa paixão por descobrir, nos fez desinteressados, tirou nossa atenção de coisas antes tão interessantes e tornou tudo absolutamente binário.

É uma crítica um tanto quanto radical (penso eu), mas creio que seja por isso que teremos dificuldades por renovar a "safra" de filatelistas. Colecionadores sempre existirão, como nosso amigo Fritzen bem destacou, mas filatelistas serão cada vez mais escassos; até porque a grande maioria hoje não vê relevância nenhuma de entender se uma carta da primeira guerra mundial foi enviada "par avion" ou por navio, ou até mesmo por trem. Para os atuais, cegos pela tecnologia da instantaneidade, tais detalhes tão belos são completamente irrelevantes.
avatar
Gabriel

Idade : 24
Localização : Goiás
Data de inscrição : 29/01/2018

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os últimos colecionadores de selos

Mensagem por Marcelo Zampa Filgueiras em Seg Abr 16 2018, 10:58

Bem, o assunto está muito bem retratado nos posts acima. Só quero acrescentar que comigo, acredito que um sobrinho irá se interessar pela coleção caso eu vá deixar para ele, porém não acredito que ele se empenhará em fazer esta coleção crescer, somente irá guardar o que receber.
avatar
Marcelo Zampa Filgueiras

Idade : 51
Localização : São João Nepomuceno - MG
Data de inscrição : 07/04/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os últimos colecionadores de selos

Mensagem por Psique10 em Seg Abr 16 2018, 16:14

Não tenho filhos, sou solteiro, mas tento incentivar minha sobrinha mais nova a herdar minha coleção, mas ela não quer, o marido dela quer com muito gosto. Ele tem a principal característica de um filatelista: a paciência.
avatar
Psique10

Idade : 51
Localização : Ribeirão Claro - Paraná
Data de inscrição : 20/02/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os últimos colecionadores de selos

Mensagem por Gnobre em Ter Abr 17 2018, 06:59

Acabar a Filatelia, não, isso não vai ocorrer.

O colecionismo é parte da natureza humana (por curiosidade, alguém sabe se, além de nós, existe alguma outra espécie de animal que coleciona algo somente por colecionar? Se  alguém souber agradeço a divulgação)

Parar de crescer, ou mesmo entrar em decadência. Sim, não somente é possível como eu acredito que estamos passando por isso.

Para se ter uma ideia faço as seguintes perguntas:

1- Quantas exposições filatélicas teremos no Brasil em 2018 ?
R.: que eu saiba zero.
No passado haviam várias por ano ao longo do nosso gigantesco país

2- Quantas associações filatélicas sérias simplesmente "sumiram" na última década?
R.: muitas: ABRAFITE, AMIFITE, a Câmara, a Fefibra, Abrajor, ....
Algumas dessas tiveram GRANDE relevância. Conhecem as revistas "MOSAICO" e "A Filatelia Brasileira" (no meu entender duas das melhores revistas que já foram produzidas no Brasil no segmento), ambas já paralisadas.

Eu acredito que a questão é basicamente educacional, apesar do econômico ter grande importância também. O colecionismo filatélico se destaca pelo alto nível dos estudos ou arranjos que proporciona. A filatelia é, também, uma ciência auxiliar da história e um ramo moderno da arqueologia. Entretanto a educação brasileira passa por uma crise que só teve paralelo na reforma pombalina.

Nossas crianças e jovens não conseguem ligar "lé" com cré". O Estado brasileiro, e quem o controla, percebeu que, devido ao alcance do poder do voto, era necessário idiotizar a população. Assim a escola hoje alcança um número nunca antes visto de jovens, e cada vez mais cedo, mas visando não o crescimento pessoal dessa população, mas simplesmente a sua imbecilização, o seu controle.

Hoje a escola é um dos maiores inimigos da nossa juventude. Enquanto a universidade, na área da educação, continuar de costas para a ciência, e abraçada na dialética e política, simplesmente não há futuro, educacionalmente falando.

Mas a esperança sempre se mantem. Viram como o número de Postcrossers brasileiros têm aumentado?

Um abraço a todos,
avatar
Gnobre

Idade : 49
Localização : Montes Claros - MG
Data de inscrição : 04/11/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os últimos colecionadores de selos

Mensagem por Psique10 em Ter Abr 17 2018, 12:59

Também acho que a Filatelia não acabará porque está enraizada em todo o mundo.
avatar
Psique10

Idade : 51
Localização : Ribeirão Claro - Paraná
Data de inscrição : 20/02/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os últimos colecionadores de selos

Mensagem por odilo em Qua Abr 18 2018, 07:35

Amigos e amigas,
Pelo visto tudo continua como antes. Mudanças estão acontecendo aqui e acolá, mas no fundo nada muda no colecionismo ....

_________________
Romeu Odilo
Coleciono países: Brasil, Alemanha (tudo), Suíça, Argentina, Portugal e USA. Série: Machins . Continuo juntando material para uma coleção sobre meios de transportes. Recente: Um país um selo. Futuro: Recortes de história postal. Reino dos Sérvios, Croatas e Slavos (1918-1929).
avatar
odilo

Idade : 76
Localização : Florianópolis
Data de inscrição : 20/02/2008

https://recuperandoselospostais.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os últimos colecionadores de selos

Mensagem por Psique10 em Qua Abr 18 2018, 09:56

Pena que não vou poder ir Sad . Além de ser muito longe," estou de molho", me puseram de castigo. Quebrei o dedo do pé e tive que tirar uma licença a contragosto. O ortopedista disse que leva no mínimo 1 mês pra sarar fora a fisioterapia. Gosto de trabalhar na escola.
avatar
Psique10

Idade : 51
Localização : Ribeirão Claro - Paraná
Data de inscrição : 20/02/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os últimos colecionadores de selos

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum